Carbetos

A união de átomos de dois elementos químicos, em que um deles é o carbono (C) e o outro é o mais eletropositivo da molécula dá origem aos carbetos, também conhecidos como carbonetos ou carburetos. Os carbetos podem ser representados pela fórmula geral ExCy, são sais binários, caracteristicamente inorgânicos, insolúveis em água e reagem violentamente com ela produzindo óxidos metálicos ou hidróxidos.

É possível classificar os carbetos em carbetos iônicos, carbetos covalentes e carbetos metálicos, levando em consideração o tipo de ligação química estabelecida pelos átomos da molécula.

Carbetos iônicos

Os carbetos iônicos, ou carbetos salinos, são sólidos iônicos formados pela ligação do carbono aos metais alcalinos e alcalinos terrosos (respectivamente família 1A e 2A da tabela periódica), que são elementos extremamente eletropositivos. Exemplos:

  • Carbeto de cálcio (CaC2) – conhecido comercialmente como carbureto, é muito utilizado na produção do acetileno, do aço, da cianamida de cálcio e das lâmpadas de carbureto (usadas para iluminar o interior de minas e cavernas).
  • Carbeto de lítio (Li2C2) – também recebe o nome de acetileto de lítio, é produzido através do processo de datação do radiocarbono.

Carbetos covalentes (ou moleculares)

Essa classe de carbetos é formada pelo carbono ligado a elementos de eletronegatividade próxima à do carbono. Originam-se dos óxidos metálicos. Exemplos:

  • Carbeto de silício (SiC) – substância bastante dura (perdendo apenas para o diamante), abrasiva, usada pela indústria na fabricação de lixas, rebolos, cerâmicas sintéticas, pára-raios e materiais cortantes; no polimento de pedras e lentes; na blindagem de aparelhos aeronáuticos e aeroespaciais.
  • Carbeto de boro (B4C) – mais conhecido como carboneto de boro, é um material de alta dureza, aplicado à fabricação de armaduras, coletes a prova de bala, reatores nucleares, peças automotivas, engrenagens industriais; também é usado como abrasivo no tratamento de superfícies metálicas sujeitas a condições externas desfavoráveis.

Carbetos metálicos

O carbono ligado aos diversos metais de transição forma aos carbetos metálicos. São elementos extremamente duros devido à posição do carbono que permanece nas fendas da rede cristalina. O principal exemplo desse grupo é o carbeto de tusngênio (WC), um liga metálica muito utilizada com refletor de nêutrons e na fabricação de ferramentas cortantes, aparelhos industriais, abrasivos e joias.

Referências
http://pt.wikipedia.org/wiki/Carbeto
http://pt.scribd.com/doc/63971256/70/Carbeto-metalico