Classificação de Ácidos Inorgânicos

Por André Luis Silva da Silva
Uma função química é caracterizada por um grupo de compostos que apresentam propriedades semelhantes. Inicialmente, pode-se ter compostos de natureza inorgânica (aqueles que não apresentam carbono, com algumas exceções) e orgânicos (os que apresentam carbono). As funções estudadas na química inorgânica são quatro: os ácidos, as bases, os sais e os óxidos.

Como meio teórico para identificação de uma função inorgânica pode-se adotar o critério estabelecido na tabela abaixo, a partir da fórmula molecular do composto.

FUNÇÃO

COMEÇA POR

TERMINA POR

OBSERVAÇÕES

ÁCIDO

Cátion H+

BASE

Ânion OH-

SAL

Cátion diferente de H+

Ânion diferente de OH-

ÓXIDO

Ânion O2-

Binário

A primeira das funções inorgânicas apresentadas, os ácidos, podem ser definidos conforme a teoria de Arrhenius, como sendo compostos que em solução aquosa se ionizam, liberando cátions H+.

O termo ionização refere-se à reação química que irá “produzir” cátions hidrônios (H+), liberados a partir de uma ligação química de natureza covalente.

Conforme seu comportamento físico e químico, os ácidos admitem algumas classificações essenciais, de acordo com os critérios abaixo:

QUANTO AO NÚMERO DE HIDROGÊNIOS

  • Monoácidos ou monopróticos: apresentam apenas um hidrogênio ionizável na molécula. Ex. ácido clorídrico (HCl).
  • Diácidos ou dipróticos: apresentam dois hidrogênios ionizáveis na molécula. Ex. ácido sulfúrico (H2SO4).
  • Triácidos ou tripróticos: apresentam três hidrogênios ionizáveis na molécula. Ex. ácido fosfórico (H3PO4).

QUANTO AO NÚMERO DE ELEMENTOS

  • Binários: apresentam apenas dois elementos distintos na molécula. Ex. ácido bromídrico (HBr).
  • Ternários: apresentam três elementos distintos na molécula. Ex. ácido fosfórico (H3PO4).
  • Quaternário: apresentam quatro elementos distintos na molécula. Ex. ácido tiocianóico (HSCN).

QUANTO À PRESENÇA DE OXIGÊNIO

  • Oxiácidos: possuem oxigênio na molécula. Ex. ácido perclórico (HClO).
  • Hidrácidos: não possuem oxigênio na molécula. Ex. ácido fluorídrico (HF).

QUANTO AO GRAU DE IONIZAÇÃO (força de acidez)

  • Os hidrácidos fortes são aqueles que apresentam os halogênios cloro, bromo ou iodo. Ex. ácido clorídrico (HCl).
  • Em relação aos oxiácidos, diminui-se o número de átomos de oxigênio pelo número de átomos de hidrogênio existentes na molécula. Quando a resposta for 2 ou mais, o ácido será considerado forte. Ex. ácido sulfúrico (H2SO4).
  • Os ácidos que não se enquadrarem em nenhuma das regras acima, incluindo todos os ácidos orgânicos (que apresentam carbono, excetuando-se o ácido carbônico, H2CO3, e o ácido cianídrico, HCN, que não são orgânicos, mas também são fracos) são considerados todos ácidos de baixo grau de ionização, portanto, fracos.

De acordo com as classificações ácidas apresentadas, os ácido clorídrico e sulfúrico, respectivamente mostradas abaixo, podem ser classificadas como:

  • HCl: monoácido, binário, hidrácido e forte.
  • H2SO4: diácido, ternário, oxiácido e forte.

Referências:
ATKINS, Peter; JONES, Loreta; Princípios de Química: questionando a vida moderna e o meio ambiente, Porto Alegre: Bookman, 2001.
FELTRE, Ricardo; Fundamentos da Química, vol. Único, Ed. Moderna, São Paulo/SP – 1990.
PERUZZO, Francisco Miragaia (Tito); CANTO, Eduardo Leite; Química na Abordagem do Cotidiano, Ed. Moderna, vol.1, São Paulo/SP- 1998.