Conceitos em Química

Por André Luis Silva da Silva
1. Apesar de hoje sabermos de vários elementos químicos estabelecerem ligações entre si que não obedecem à Regra do Octeto, como por exemplo o berílio (Be) no cloreto de berílio (BeCl2), o boro (B) no hidreto de boro (BH3), o fósforo (P) no pentacloreto de fósforo (PCl5), o enxofre (S) no hexafluoreto de enxofre (SF6) e diversos íons dos metais de transição externa e interna, como os íons ferroso e férrico (Fe2+, Fe3+), ela continua a ser extremamente útil no estudo e nas previsões das ligações químicas.

2. Nas reações ou transformações químicas são “quebradas” ou formados os vários tipos de ligação entre átomos (iônica, covalente, metálica). Nas transformações físicas, ou fenômenos físicos, são alterados os vários tipos de ligação entre as unidades elementares dessas substâncias, moléculas ou retículos cristalinos (pontes de hidrogênio, forças Van der Waals, interações dipolo-dipolo).

3. Sabemos hoje que matéria e energia são descontínuas, ou seja, para cada elemento químico existe uma unidade mínima, o átomo, para cada tipo de energia existe uma unidade mínima, o fóton. Tudo aquilo que o átomo representa para a matéria e está na base da química, o fóton representa para energia e está na base da física.

4. Robert Wilhelm Bunsen (1811-1899) é muito conhecido no laboratório de química pelo desenvolvimento de métodos de identificação, separação e medidas quantitativas de algumas substâncias. Inventou ou improvisou diversos aparelhos de laboratório, como a bateria eletroquímica, o espectroscópio e o queimador a base de gás combustível, hoje conhecido como bico de Bunsen. Em colaboração com Gustav Robert Kirchhoff (1824-1887), trabalhou em espectroscopia, na análise de substâncias por meio da luz emitida quando colocadas na chama de seu bico de Bunsen.

5. Quando Mendeleev apresentou o primeiro enunciado de sua tabela de classificação dos elementos químicos à Sociedade Química Russa, ele disse: Entendo por teoria uma conclusão retirada dos fatos acumulados que possuímos e que nos capacita antever novos fatos ainda não conhecidos. A tabela periódica apresentada foi absolutamente coerente com esse enunciado, uma vez que considerou todas as possibilidades de uma ciência jovem e em crescimento, a química.

6. Conhecida hoje como Síntese de Wöhler, o aquecimento do composto conhecido como cianato de amônio, que é um composto de natureza inorgânica, produz a uréia, um composto orgânico. Estava então “derrubada” a Teoria da Força Vital, a qual representava na época o conceito de que um composto orgânico não poderia se originar a partir de matéria inorgânica, sem a interferência de uma “força” apenas existente em um organismo vivo.

Referências:
SARDELLA, Antônio; MATEUS, Edegar; Curso de Química: química geral, Ed. Ática, São Paulo/SP – 1995.
FELTRE, Ricardo; Fundamentos da Química, vol. Único, Ed. Moderna, São Paulo/SP – 1990.