Curiosidades sobre Catalisadores

Licenciatura Plena em Química (Universidade de Cruz Alta, 2004)
Mestrado em Química Inorgânica (Universidade Federal de Santa Maria, 2007)

A Cinética é um importante campo da química que investiga as relações entre a temperatura e a velocidade de uma reação ou processo físico. O termo catalisador representa a molécula responsável pelo efeito sobre a velocidade de um processo. Abaixo são apresentadas alguns tópicos, os quais estão discutidos, referente a esse tema.

1. Definição de que são catalisadores.

Entende-se por catalisadores espécies químicas que, juntamente com as moléculas-reagentes, fazem com que a reação se desenvolva em uma velocidade maior, sem ser consumido no processo.

2. De uma reportagem sobre conversores catalíticos usados em automóveis foi escrita a seguinte frase: “catalisadores são substâncias que iniciam reações químicas que, sem eles, não seriam possíveis”. Pode-se apontar dois erros conceituais desta frase:

  • 1° erro: Catalisadores não iniciam reações químicas, apenas tornam-nas mais rápidas.
  • 2° erro: Reações químicas são possíveis sem a presença de catalisadores, embora em velocidade menor.

3. Dada a equação de reação elementar de produção do gás cloro H2  +  Cl2  →  2HCl, se reduzirmos simultaneamente a concentração de H2 e Cl2 à metade, mantendo-se constante todos os outros fatores, a velocidade da reação:

Reduz-se à ¼ da velocidade inicial, o que se deve à redução pela metade em duas vezes, cada uma referente à um dos reagentes da reação.

4. A velocidade de uma reação química depende fundamentalmente:

  • I. Do número de colisões intermoleculares que ocorrem por unidade de tempo.
  • II. Da energia cinética das moléculas que colidem entre si.
  • III. Da orientação das moléculas na colisão, isto é, da geometria da colisão.

5. A reação do ácido clorídrico (HCl) com sulfito de sódio (NaSO3) pode ser percebida pela formação de um precipitado gasoso. Para acelerar esta formação, entre outros fatores, recomenda-se utilização de:

Ácido clorídrico concentrado e sulfito de sódio pulverizado, uma vez que dois fatores estão associados no que se refere ao aumento da velocidade de uma reação química: a concentração (no caso do ácido) e a superfície de contato (no caso do sal).

6. A cinética química está presente no dia-a-dia:

a) no fato dos alimentos cozinharem mais rapidamente nas panelas de pressão.

Uma das possíveis explicações para esse fenômeno encontra-se no fato de que, sob uma pressão maior que a atmosférica, a água ferve a uma temperatura superior a seu ponto de ebulição (100°C), facilitando o cozimento dos alimentos.

b) no fato do cigarro aceso ser consumido mais rapidamente no momento em que se dá a “tragada”.

A “tragada” aumenta a concentração de oxigênio na extremidade livre do cigarro, o que favorece a combustão.

Referências:
RUSSELL, John B.; Química Geral vol.1, São Paulo: Pearson Education do Brasil, Makron Books, 1994.
SARDELLA, Antônio; MATEUS, Edegar; Curso de Química: química geral, Ed. Ática, São Paulo/SP – 1995.
MAHAN, Bruce M.; MYERS, Rollie J.; Química: um curso universitário, Ed. Edgard Blucher LTDA, São Paulo/SP – 2002.

Arquivado em: Curiosidades, Química