Experimentação em Acidimetria e Alcalimetria

Licenciatura Plena em Química (Universidade de Cruz Alta, 2004)
Mestrado em Química Inorgânica (Universidade Federal de Santa Maria, 2007)

A volumetria, também denominada titulometria ou titrimetria, é um método de análise quantitativa em que se determina a concentração de uma solução (solução problema) em função da concentração conhecida de outra solução (solução padrão) através de reação química entre ambas.

A volumetria configura-se como uma das mais importantes e difundidas técnicas da Química Analítica, a qual possui por objetivo determinar a concentração de uma solução pela reação química desta com uma segunda solução de concentração conhecida. Entre os principais processos volumétricos estão a volumetria de neutralização, de precipitação, a complexometria e a oxi-redução.

Em relação à volumetria de neutralização, distinguem-se a acidimetria (determinação da concentração de um ácido por meio de reação com uma base de concentração conhecida) e a alcalimetria (determinação da concentração de uma base por meio de reação com um ácido de concentração conhecida).

O objetivo deste texto é apresentar uma técnica experimental em acidimetria e outra em alcalimetria. Dessa forma, serão possíveis a padronização de uma solução de ácido clorídrico (HCl) e a determinação da concentração de uma solução problema de hidróxido de sódio.

Serão necessários os materiais bureta, balão volumétrico de 100mL, erlenmeyer, suporte universal, assim como os reagentes HCl concentrado, indicador fenolftaleína e hidróxido de sódio (NaOH).

EXPERIMENTAÇÃO EM ACIDIMETRIA

Trata-se da determinação volumétrica da concentração de uma solução de um ácido por meio da solução padrão de uma base.

  1. Preparar em um balão volumétrico de 100 mL uma solução de ácido clorídrico 0,1 M.
  2. Retirar uma alíquota de 10 ou 25 mL para um erlenmeyer.
  3. Adicionar água destilada até o volume desejado.
  4. Adicionar duas gotas de fenolftaleína (indicador ácido/base pH 8,0 – 8,5).
  5. Colocar em bureta limpa e ambientalizada solução de NaOH 0,1M padronizada.
  6. Colocar o papel branco sobre a base do suporte universal para que se possa visualizar a viragem do indicador com maior facilidade.
  7. Com a mão esquerda, iniciar a adição, gota a gota, da solução contida na bureta, sempre mantendo a mão em contato com a torneira, para poder encerrar o gotejamento no momento em que a cor se alterar.
  8. Concomitantemente, agitar o erlenmeyer em movimentos de rotação com a mão direita, até que a coloração se altere.
  9. Titular a solução até o aparecimento da coloração rósea permanente.
  10. Calcular a concentração da solução de ácido clorídrico e rotulá-la.

EXPERIMENTAÇÃO EM ALCALIMETRIA

Trata-se da determinação volumétrica da concentração de uma solução de uma base por meio da solução padrão de um ácido.

  1. Transferir uma alíquota de 10 ou 25 mL da solução problema para um erlenmeyer.
  2. Adicionar água destilada até o volume desejado.
  3. Adicionar duas gotas de fenolftaleína (indicador ácido/base pH 8,0 – 8,5).
  4. Colocar em bureta limpa e ambientalizada solução de HCl padronizada anteriormente de concentração conhecida.
  5. Titular a solução até o desaparecimento da coloração rósea.
  6. Calcular a concentração da solução de hidróxido de sódio e rotulá-la.

Referências:
PERUZZO, Francisco Miragaia (Tito); CANTO, Eduardo Leite; Química na Abordagem do Cotidiano, Ed. Moderna, vol.1, São Paulo/SP- 1998.

Arquivado em: Química