Identificação de Metais em Amostras Reais

Licenciatura Plena em Química (Universidade de Cruz Alta, 2004)
Mestrado em Química Inorgânica (Universidade Federal de Santa Maria, 2007)

Esta técnica laboratorial possui como principais objetivos identificar alguns cátions em amostras reais, a partir de materiais de uso corriqueiro, e então possibilitar o desenvolvimento de uma rota específica de identificação para os cátions trabalhados, a partir das reações químicas positivas observadas no experimento. Didaticamente, é sugerido solicitar dos alunos a montagem desse esquema, que permita a representação e a separação dos cátions trabalhados no experimento, assim como a representação e a classificação das reações químicas observadas.

Ferro (Fe3+)

O íon férrico (Fe3+) normalmente é encontrado em amostras de erva-mate, sucos e cascas de fruta, solos, cinzas da madeira, folhas de vegetais e também em medicamentos.

Técnica:

  • Tratar a amostra com ácido clorídrico (HCl) 6N e ferver por aproximadamente por 10 minutos.
  • Filtrar e tratar o filtrado com hexaciano ferro II de potássio, K4[Fe(CN)6].
  • O aparecimento de um precipitado azul indica a presença de ferro na amostra.

Chumbo (Pb2+)

Traços de chumbo podem ser detectados em amostras de enlatados diversos, água potável a também em vinhos.

Técnica:

  • Colocar aproximadamente 1 ml de amostra em tubo de ensaio e juntar ditizona.
  • O aparecimento de uma coloração vermelha indica a presença de chumbo na amostra.

Alumínio (Al3+)

O íon alumínio (Al3+) pode ser detectado em amostras de solo, folhas, cascas de frutas, papel para conservar balas e chocolates e também em minérios.

Técnica:

  • Tratar a amostra com HCl 6N, aquecer e filtrar.
  • Ao filtrado, juntar acetato de sódio, NaAc, e Aluminon.
  • A formação de um precipitado vermelho rosado indica a presença de alumínio na amostra.

Cálcio (Ca2+)

O íon cálcio (Ca2+) pode ser encontrado em amostras de solo, calcário, na casca do ovo, em conchas e pedras, no cimento comum, no gesso, assim como em ossos e dentes.

Técnica 1: para amostras de solo.

  • Tratar o solo com 30 ml de acetato de amônio (NH4Ac) e agitar por 5 minutos.
  • Centrifugar, ao sobrenadante adicionar gotas de (NH4)2(COO)2.
  • O aparecimento de precipitado branco confirma a presença do íon cálcio.

Técnica 2: para amostras de calcário.

  • Dissolver a amostra em HCl 6N.
  • Ferver para transformar o carbonato de cálcio (CaCO3) em cloreto de cálcio (CaCl2) e eliminar o gás carbônico (CO2).
  • Adicionar H2C2O4 em meio amoniacal ou (NH4)2(COO)2 para precipitar Ca2+ na forma de CaC2O4.
  • O aparecimento de precipitado branco de CaC2O4 confirma a presença do íon Ca2+ na amostra.

Referências:
SARDELLA, Antônio; MATEUS, Edegar; Curso de Química: química geral, Ed. Ática, São Paulo/SP – 1995.
RUSSELL, John B.; Química Geral vol.1, São Paulo: Pearson Education do Brasil, Makron Books, 1994.
MAHAN, Bruce M.; MYERS, Rollie J.; Química: um curso universitário, Ed. Edgard Blucher LTDA, São Paulo/SP – 2002.

Arquivado em: Química