Modelo de Separação para os Cátions dos Metais Chumbo, Prata e Mercúrio

Licenciatura Plena em Química (Universidade de Cruz Alta, 2004)
Mestrado em Química Inorgânica (Universidade Federal de Santa Maria, 2007)

O elemento químico chumbo, cujo nome deriva do latim plumbum, possui símbolo Pb , número atômico 82 (possui 82 prótons no núcleo de seu átomo) e massa atômica 207,2. Localiza-se na tabela periódica no grupo 14 ou Família IVA; apresenta-se no estado sólido à temperatura ambiente. Trata-se de um metal de elevada toxicidade, pesado, maleável e mau condutor de calor e eletricidade. Possui coloração branco-azulada e acinzentada quando exposto ao ar. Possui diversas aplicabilidade, que vão desde a construção civil até a tipografia. Pode-se dizer que o chumbo, que é conhecido desde a antiguidade, é o elemento químico estável de maior número atômico.

O elemento químico prata, cujo nome deriva do latim argentum, possui símbolo Ag, número atômico 47 e massa atômica 107,87. Em condições ambientes, é um metal sólido de aspecto cinzento; no teste da chama desenvolve a coloração lilás. Localiza-se na tabela periódica no grupo 11 ou Família 1B. É utilizada principalmente na indústria fotográfica.

O elemento químico mercúrio é o único metal líquido sob condições ambientes. Conhecido desde a Grécia Antiga, apresenta como símbolo Hg, que vêm do latim hidrargyrum, que significa prata líquida. Apresenta número atômico 80 e massa atômica 200,5. Assim como o bromo, é o único elemento que se apresenta no estado líquido sob condições de temperatura e pressão ambientes. Localiza-se na tabela periódica no grupo 12 ou Família 2B.

Procedimento Laboratorial:

  1. Preparar uma amostra (em béquer) constituída de 15 gotas das soluções contendo os íons Pb2+, Ag+ e Hg2+.
  2. Diluir a amostra com 10ml de água deionizada e acrescentar HCl 6N até precipitação dos íons.
  3. Filtrar.
  4. Filtrado: cátions de outros grupos;
  5. Precipitado: PbCl2, AgCl e Hg2Cl2.
  6. Romper o papel filtro usando bastão de vidro e com água desionizada, passar os precipitados para um béquer.
  7. Ferver por um minuto.
  8. Filtrar imediatamente: no filtrado ficará Pb2+ e no resíduo sólido Ag+ e Hg2+.
  9. Tratar o filtrado com K2CrO4 0,1N: precipitado amarelo confirma a presença de Pb2+.
  10. Tratar diretamente o papel filtro com NH4OH: resíduo de coloração negra no papel indica presença de Hg2+.
  11. Recolher o filtrado resultante do tratamento com NH4OH em vidro de relógio e adicionar HNO3. A precipitação de AgCl confirma a presença de Ag+.

Poderá ser solicitados dos alunos, após a realização do experimento, a elaboração de um esquema que permita representar a separação dos cátions trabalhados no experimento e a representação e classificação das reações químicas observadas.

Referências:
LEE, J. D.; Química Inorgânica Não Tão Concisa, Sãp Paulo, Chapman & Hall, 236-239, 1996.
RUSSELL, John B.; Química Geral vol.1, São Paulo: Pearson Education do Brasil, Makron Books, 1994.
LUFTI, Mansur; Os Ferrados e os Cromados: produção social e apropriação privada do conhecimento químico, Ed. UNIJUI, Ijuí/RS – 1992.

Arquivado em: Química