Produção de Indicadores Ácido-Bases

Licenciatura Plena em Química (Universidade de Cruz Alta, 2004)
Mestrado em Química Inorgânica (Universidade Federal de Santa Maria, 2007)

Um indicador ácido-base é, em geral, uma substância orgânica que apresenta a propriedade de alterar a sua coloração conforme o pH do meio, ou seja, apresenta uma coloração A em meio ácido e uma coloração B em meio básico. Pode também ser chamado de indicador de neutralização, indicador ácido-básico ou ainda indicador de pH.

Os indicadores podem ser sintéticos, como, por exemplo, o azul de bromotimol, o vermelho de metila e o mais comum dentre eles, a fenolftaleína, como podem também serem obtidos naturalmente, como no caso da utilização do repolho roxo e das pétalas de rosas de coloração intensa. No caso do repolho, sua essência deve ser extraída em água ou álcool para que apresente efeito como indicador.

A razão da mudança de coloração apresentada pelo indicador conforme o Ph do meio pode ser explicada de várias formas.“A primeira teoria sobre os indicadores, dita teoria iônica dos indicadores, é creditada a W. Ostwald (1894), tendo como base a teoria da dissociação eletrolítica iônica dos indicadores. Segundo esta, os indicadores são bases ou ácidos fracos cuja cor das moléculas não-dissociadas difere da cor dos respectivos íons1.

Abaixo é proposto uma experimentação que possui como objetivos a produção de indicadores ácido-base, o teste experimental das propriedades de indicadores ácido-base líquidos e a identificação de amostras ácidas e amostras básicas. Para tanto, não são necessários maiores recursos laboratoriais, uma vez que pode-se realizar esta técnica com utilização apenas dos materiais alternativos já citados, como o repolho roxo e as pétalas de rosas.

PROCEDIMENTO EXPERIMENTAL

Preparação de indicadores:

  1. 1. Separadamente, macere em almofariz as pétalas de rosas e folhas do repolho roxo.
  2. 2. Adicione alguns mililitros de álcool e filtre os sistemas.
  3. 3. Armazene os indicadores em frasco apropriado.
  4. 4. Extraia, em meio aquoso à quente, os pigmentos das amostras de chá e armazene-a.

Teste dos indicadores:

  1. 1. Disponha em uma grade seis tubos de ensaio em uma fileira e seis tubos de ensaio em outra.
  2. 2. Adicione a cada um dos tubos de ensaio da primeira fileira 5mL de ácido conhecido. Anote o ácido utilizado.
  3. 3. Aos tubos da segunda fileira, repita o procedimento, utilizando uma base.
  4. 4. Utilizando sempre duas gotas, adicione o mesmo indicador respectivamente a uma amostra ácida e a uma amostra básica.

Identificação de ácidos e bases:

  1. 1. Retire 5mL de cada uma das amostras fornecidas pelo Professor e transfira-a a um tubo de ensaio.
  2. 2. Realize testes, com pelo menos 3 indicadores diferentes, para identificá-las quanto a pertencerem à função ácida ou básica.
  3. 3. Monte uma tabela com resultados obtidos e indicadores utilizados.

Referências:
1. http://www.ufpa.br/quimicanalitica/sindicador.htm
PERUZZO, Francisco Miragaia (Tito); CANTO, Eduardo Leite; Química na Abordagem do Cotidiano, Ed. Moderna, vol.1, São Paulo/SP- 1998.

Arquivado em: Química