Trióxido de Enxofre

Por Mayara Cardoso
Também denominado anidrido sulfúrico ou óxido sulfúrico, o trióxido de enxofre é um composto inorgânico, anidrido do ácido sulfúrico, representado pela fórmula química SO3, gasoso, incolor, irritante, reage violentamente com a água, é instável e corrosivo.

O trióxido de enxofre é obtido por meio da oxidação do dióxido de enxofre, tendo o pentóxido de vanádio como catalisador da reação, realizada pelo método de contato. Observe:

     V2O5
SO2 + O2     -------->        SO3

A oxidação do dióxido de enxofre é considerada a etapa-chave da produção do ácido sulfúrico, todavia, consiste num processo complicado de certa forma, pois trata-se de uma reação demasiadamente lenta em temperaturas adequadas. Se houver um aumento das temperaturas dos gases participantes, a reação ganha velocidade, no entanto, a maior parte do trióxido de enxofre é revertida em dióxido de enxofre e gás oxigênio. Trata-se de uma reação reversível, sendo assim, elevar a temperatura provoca a decomposição do trióxido de enxofre, portanto, a quantidade produzida desse composto é muito pequena. Esse problema pode ser resolvido por meio do uso do conhecido “processo da câmara”, que utiliza catalisadores à base de nitrato de potássio, representado na seguinte reação:

SO2 +NO2 ----->SO3 + NO

O trióxido de enxofre também pode ser obtido através da queima de compostos sulfetados, muito comum em processos industriais. Reagindo com a água (também proveniente de combustão), essa substância dá origem ao ácido sulfúrico, de acordo com a reação:

SO3 + H2O ----->H2SO4

Na atmosfera, grandes quantidades de dióxido de enxofre se ligam ao oxigênio, produzindo o trióxido de enxofre, que, por sua vez, é dissolvido em água de forma ainda mais fácil, que forma ácido sulfúrico bastante concentrado. Tais substâncias acumuladas nas nuvens precipitam sob a forma chuva ácida. Essa chuva causa sérios prejuízos ao meio ambiente como a acidificação da água de rios e lagos, altera o equilíbrio químico do solo, afetando o desenvolvimento de vegetais, também destrói estruturas metálicas, edificações e monumentos devido ao poder de corrosão.

Os principais efeitos causados à saúde humana pela assimilação do trióxido de enxofre são problemas respiratórios, principalmente bronquites e enfisema pulmonar (nos casos mais graves) e doenças cardiovasculares. As emissões de trióxido de enxofre são regulamentadas pelo Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA), os resultados são relacionados a quantidades determinadas de oxigênio.

Referências
http://pt.wikipedia.org/wiki/Óxido_sulfúrico
http://www2.dupont.com/Clean_Technologies/pt_BR/products/sulfur/sulfur_trioxide.html
http://www.usp.br/qambiental/chuva_acidafront.html