Redação Publicitária

Por Fernando Rebouças
Uma peça publicitária em sua mensagem utiliza recursos estilísticos que reforçam a retórica. Na elaboração de um texto publicitário há a utilização de tropos convencionais e não convencionais, tropos são sinônimos de figura de linguagem.

Os tropos são utilizados para reforçar o apelo por um produto ou serviço, persuadir o público receptor e realçar a descrição do conteúdo publicitário. Entre os tropos clássicos (convencionais) destacamos o uso da metáfora, metonímia, sinédoque, lítotes e ironia.

A palavra metáfora significa transporte, é uma analogia implícita; a metonímia é quando se designa algo com o nome de outra coisa; sinédoque é uma inclusão de termo; lítotes é afirmar negando o contrário; ironia é o emprego de expressão com sentido oposto ao sentido próprio.

Na publicidade há também o uso de fórmulas fixas : citações, clichês, frases feitas e contrafeitas. Por exemplo : “Lugar de geladeira (mulher) é na cozinha”.

O trabalho de persuadir o destinatário da mensagem publicitária tem como objetivo transformá-lo em consumidor potencial. A publicidade realiza um jogo de sedução que utiliza a percepção humana, sob ligação com o produto em oferta.

O texto publicitário é uma das ferramentas no trabalho de persuasão e sedução, além da imagem, som, detalhes do produto, entre outras. A mensagem publicitária, dentro de um planejamento estratégico que visa adequar a melhor linguagem e o que a empresa necessita divulgar, organiza o que o produto quer oferecer, facilita a memorização, recupera e mantém a reputação de uma marce/empresa.

Curso de Redação Empresarial