Igreja Batista

Por Alaine Silva
Alguns seguidores de Jesus eram chamados inicialmente de "Anabatistas", ou seja, aqueles que batizam de novo. O termo batista vem da origem grega baptistés, "batista," que também descrevia João o batista, e por isso posteriomente, por volta de 1569 passaram a ser chamados de Batistas. Eles acolhiam em suas comunidades pessoas convertidas pelo Espírito Santo de Deus e se caracterizavam pela fé nos ensinamentos de Jesus Cristo, na busca em seguir os evangelhos, sobretudo o Novo Testamento, e no fato de que promoviam o batismo pela fé consciente (não praticando o batismo infantil), sempre por imersão - a exemplo de João Batista e do próprio Cristo que foi batizado já na idade adulta: "E aconteceu que, ao ser todo o povo batizado, também o foi Jesus; e estando ele a orar, o céu se abriu" Lc 3.21

Oficialmente a igreja protestante que existe com o nome de Batista data de 1612, quando Thomas Helwys sai da Holanda, com o objetivo de ser refugiar da perseguição do Rei James I da Inglaterra, e organiza junto aos que estavam com ele, uma igreja em Spitalfields arredores de Londres. Thomas Helwys, que era advogado e estudioso da Bíblia, ao escrever um livro intitulado " Uma Breve Declaração Sobre o Mistério da Iniqüidade", ele é preso e morto na prisão, em 1615. No referido livro, ele escreveu um dos mais caros princípios batistas, que é o principio da liberdade religiosa e de consciência e afirma: "... a religião do homem está entre Deus e ele: o rei não tem que responder por ela e nem pode o rei ser juiz entre Deus e o homem. Que haja, pois, heréticos, turcos ou judeus, ou outros mais, não cabe ao poder terreno puni-los de maneira nenhuma".

De origem inglesa, com histórico de expansão e caráter missionários, as igrejas formam um imenso grupo mundial protestante, e atualmente é possível encontrarmos segmentos batistas que rejeitam a idéia de associação ao protestantismo por defenderem a crença na liberdade de fé e expressão. E através dos tempos, os batistas se organizaram de forma a defender os seguintes princípios:

  1. Jesus Cristo como Senhor e salvador da vida.
  2. O Espírito Santo é a presença ativa de Deus no mundo e, particularmente, na experiência humana.
  3. Respeito e aceitação das Escrituras sagradas como única regra de fé e conduta.
  4. Absoluta liberdade de consciência na prática do o batismo adulto e voluntário, Responsabilidade individual diante de Deus.
  5. Separação entre a igreja e o estado, reconhecendo a igreja como comunidade autônoma e democrática.

Exemplos de referências bíblicas ao Batismo:

Apareceu João batizando no deserto, e pregando o batismo de arrependimento, para remissão dos pecados” Mc 1.4

Jesus, porém, disse-lhes: Em verdade, vós bebereis o cálice que eu beber, e sereis batizados com o batismo com que eu sou batizado” Mc 10.39

Nas igrejas batistas, durante o batismo, o ato de imersão em água é acompanhado de uma confissão pública de Jesus Cristo como Senhor e Salvador da vida.

No Brasil no Mundo os Batistas continuam se organizando em forma de missões e têm operado através da Junta de Missões Mundiais e da Junta de Missões Nacionais. A maior representante batista do mundo é a Convenção Batista do Sul dos Estados Unidos, e no Brasil, a Convenção Batista Brasileira (CBB) é o órgão máximo da denominação. De acordo com a estimativa da própria organização, a CBB configura hoje a maior convenção batista da América Latina, representando cerca de 7.000 igrejas, 4.000 missões e 1.350.000 fiéis. Como instituição, existe desde 1907, servindo às igrejas batistas brasileiras como sua estrutura de integração e seu espaço de identidade, comunhão e cooperação. É ela que define o padrão doutrinário e unifica o esforço cooperativo dos batistas do Brasil. Contando ainda com a educação teológica atuando na formação ministerial e missionária, através de Seminários Teológicos e Colégios Batistas presentes em várias localidades do país. Além disso, as igrejas batistas contam com organizações executivas nas áreas do trabalho feminino, masculino e jovem e ainda, organizações auxiliares como: Ordem dos Pastores, Associação dos Músicos, Associação Nacional de Educandários, Associação de Instituições de Ensino Teológico, Associação dos Diáconos e a Associação dos Educadores Cristãos.

Bibliografia:
http://www.batistas.com
PIB JF – Primeira Igreja batista de Juiz de Fora - A cada ano, mais semelhante a Jesus! - Cartilha para Novos Membros 01/01/2012
Bíblia sagrada. Traduzida em português por João Ferreira de Almeida. Revista e Atualizada no Brasil 2 ed Barueri SP, Sociedade Bíblica do Brasil, 1988, 1993.