Igreja Mundial do Poder de Deus (IMPD)

Por Alaine Silva
Atualmente, a Igreja Mundial do Poder de Deus (IMPD) lidera a lista de igrejas neopentecostais que mais crescem no Brasil. Ela possui mais de 4000 templos espalhados pelo Brasil e algumas regiões do mundo, além da elevada audiência ao longo de quase toda a programação diária da Rede 21, com reprises em outros horários e canais. Fundada pelo apóstolo Valdemiro Santiago em 1998 em Sorocaba, no interior de São Paulo, a sede recebeu o nome de  “Grande Templo dos Milagres”.

Segundo informações publicadas no site oficial da Igreja no Brasil, o primeiro templo contava com a presença da esposa de Valdemiro, a Bispa Franciléia, e um pequeno grupo de membros. Eles afirmam que “Inicialmente não houve muita divulgação do trabalho. Somente panfletos, fitas cassetes de testemunhos eram utilizados para evangelizar e mesmo não tendo condições de investimentos, a fé foi algo que jamais se abalou e seus fundadores tinham a convicção de que iriam evangelizar o mundo” e dizem ainda que “Nosso foco principal é obedecer todos os mandamentos e preceitos deixados por Deus encontrados na bíblia, expandir o evangelho divulgando a manifestação de Deus no ministério através de curas e testemunhos”.

Mantendo a maior característica das igrejas cristãs, a Mundial tem seus princípios fundamentados na Bíblia, e procura destacar a crença trinitária “Pai (Deus), Filho (Jesus Cristo) e Espírito Santo”. Além disso, a doutrina da igreja valoriza também o Batismo nas Águas e no Espírito Santo; baseada na escritura “Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado” (Mc 16: 16), e na celebração da Ceia do Senhor. O corpo da igreja é formado por bispos, pastores, obreiros e membros voluntários, que se dizem evangelizadores de qualquer tipo de pessoa seja ela de qualquer classe social, de diferentes denominações religiosas, e ainda, afirmam manter o respeito à diversidade cultural, por exemplo, levando o evangelho a diferentes culturas, sejam ciganos, católicos, índios, espíritas, africanos, entre outras. Dessas forma acreditam diferenciar o evangelho da simples religião.

Apesar das críticas relativas à pedidos de ofertas, a igreja teve destaque no primeiro semestre deste ano, durante uma edição do Jornal Hoje, da Rede Globo de televisão, que noticiou um pedido de desculpas feito pelo Bispo Valdemiro às autoridades e à população, pois durante a inauguração de um temploem São Paulo, a estimativa de público foi consideravelmente superada, passando dos 13.000 previstos para mais de 30.000 fiéis. Por muitos terem ficado do lado de fora, houve transtorno no trânsito, sendo acionada equipes de bombeiros e agentes de trânsito para contornarem a situação. Nas imagens, os presentes não manifestavam sinais de revolta, e sim, a alguma satisfação em participar da celebração, mesmo que na rua.

Com menos de 15 anos da sua fundação, tendo conquistado vasto espaço na mídia com divulgações, sobretudo pelo rádio e pela televisão, não tardou até que a IMPD seguisse para internet, revistas, jornais, além dos grupos de obreiros que se disponibilizam em ajudar entidades carentes divulgando pessoalmente o evangelho de Jesus Cristo em nome da Igreja.

Bibliografia:
http://www.gospel10.com.br
http://www.impd.org.br
www.barreirasnoticias.com.br