Lipossoma de Girassol

O lipossoma de girassol é um novo tipo de tratamento utilizado para eliminar gorduras localizadas.

Este tipo de tratamento foi lançado em setembro de 2008, substituindo a Lipostábil, proibido pela Anvisa, tornando-se, desde então, um conceito em redução de gordura localizada. Trata-se de um procedimento não indolor e não invasivo, o qual utiliza enzimas extraídas do girassol, que em 10 a 15 sessões é capaz de diminuir medidas significativamente.

Este procedimento pode ser realizado em qualquer época do ano, sendo habitualmente utilizado em regiões que tendem a acumular gordura, como abdômen, culotes, região supra-púbica, região próxima ao joelho e próximo às axilas.

A aplicação desta enzima inicia-se com a higienização da área que será tratada, aplicando-se, em seguida, com uma seringa, o produto por várias partes das regiões pré-determinadas. Tipicamente, associa-se esta técnica com outras, como drenagem linfática, carboxiterapia, endermologia e ultra-som para alcançar resultados ainda melhores.

Contudo, ainda não há um consenso quanto à eficiência e segurança da técnica. Entidades do Conselho Regional de Medicina (CRM), Anvisa e Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Dermatologia não aprovam a realização deste tipo de procedimento.

Profissionais de estética que utilizam este procedimento relatam que a enzima extraída do girassol quebra a gordura e, por conseguinte, é eliminada junto à urina sem sobrecarregar os rins e outros órgãos. Contudo, a Anvisa não reconhece e não registra com os nomes “enzimas ou lipossoma de girassol” produtos para a redução de gordura localizada e informa que cada estado é que deve fiscalizar e notificar possíveis problemas no uso dessa substância. O CRM e a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Dermatologia afirmam que não há evidências da eficácia do produto como redutor de medidas.

Fontes:
http://www.portalnetbelle.com.br/index.php/especial/78-especiais/804-lipossoma-de-girassol.html
http://www.dermatologia.net/novo/base/noticias/girassol.shtml
http://www.tuasaude.com/lipossoma-de-girassol/
http://www.mulherbeleza.com.br/estetica/lipossoma-de-girassol/

AVISO LEGAL: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas para fins informacionais, não podendo, jamais, serem utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.
Arquivado em: Saúde