Meteorismo

O meteorismo consiste na presença exacerbada de gases no trato gastrointestinal, mais especificamente no intestino, ocasionando espasmos intestinais e distensões abdominais.

Geralmente é resultante de um processo de aerofagia (engolir ar) inconsciente. Outras situações que estão ligadas ao meteorismo são: engolir os alimentos rapidamente ou em situações de estresse; consumo de alimentos ricos em hidratos de carbono não absorvíveis, o que causa o aumento da fermentação no cólon; mudanças abruptas na alimentação, como no aumento da ingestão de fibras; consumo de antibióticos que alteram a flora intestinal.

Os sintomas causados pelo meteorismo são:

  • Eructações frequentes;
  • Ruídos intestinais;
  • Inchaço e dor da região abdominal;
  • Flatulência.

Embora existam alguns fármacos que auxiliam no alívio dos sintomas do meteorismo, o mais adequado é fazer uma mudança gradativa da dieta, diminuindo a ingestão de alimentos que produzem mais gases, ingerindo-os mais vagarosamente.

Dentre os alimentos que devem ser evitados encontram-se: leguminosas, como feijão, ervilha, lentilha; algumas verduras e legumes, como repolho, cebola, batata, rabanete, acelga, alcachofra, espinafre; cereais integrais; algumas frutas, como passas, damasco, abacaxi e ameixas; bebidas, como vinhos ou refrescos. Também é recomendado diminuir o consumo de leite e seus derivados, como iogurte e queijo fresco, bem como evitar consumir açúcar e consumo de balas e chicletes.

Fontes:
http://www.orientacoesmedicas.com.br/respostas_selecionadas.asp
http://www.tuasaude.com/meteorismo/
http://medicinahoje.com.br/consultar-doencas/outras/meteorismo.html

AVISO LEGAL: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas para fins informacionais, não podendo, jamais, serem utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.
Arquivado em: Saúde