Saúde da Família

Na data de janeiro de 1994, em virtude do andamento dos PSF (Programa Saúde da Família), foram criadas através de um projeto do SUS condicionado  ao Ministério da Saúde, as primeiras equipes intituladas de “Saúde da Família”, com o objetivo principal, como o próprio nome já diz, de tratar a saúde das famílias mais proximamente e com melhores resultados, trabalhando na recuperação  e promovendo a educação em saúde.

Tais equipes multiprofissionais,  são compostas  por auxiliares de enfermagem, agentes comunitários, enfermeiros, dentistas, e médicos, atendendo e acompanhando um número máximo de 4 mil habitantes,  nas Unidades Básicas  de Saúde (UBS)  e em seus lares, atendendo, atualmente, por volta de 103 milhões de pessoas.

Os profissionais do Programa Saúde da Família, analisam basicamente os diversos fatores que levam as pessoas à permanecerem saudáveis ou o que as leva à ficar doentes, e com isso desenvolvem formas de cuidados com a saúde e o bem estar geral dos indivíduos.

Paralelamente, em determinadas regiões, por exemplo, em   Minas Gerais, desenvolvem-se  ações  de avaliação assistencial , fornecendo através do usuário pareceres técnicos que consequentemente geram  um  maior controle  em relação aos serviços prestados.

O Programa Saúde da Família estabelece ainda parcerias com vários outros segmentos  institucionais e sociais,  tendo ainda por objetivos, estimular as comunidades no intuito de se organizarem para que possa existir um direcionamento social das ações no sistema de saúde. Com isso tal programa consegue alcançar outros setores, os quais integram-se à saúde, atuando sobre a qualidade de vida das pessoas, objetivando atingir positivamente  o indivíduo  e suas famílias como um universo completo dentro da sociedade.

Aproveitamos neste artigo para citarmos também  que, o segurado pelo INSS,  através do exercício de seu direito de participar  dos programas oferecidos pelo governo brasileiro, também poderá ter  atendimento médico em serviços  públicos de outros nove países, conveniados com o Brasil, são eles: Espanha, Grécia, Itália, Luxemburgo, Argentina, Cabo Verde,  Uruguai, Chile e Portugal, para isso ele deverá fazer antecipadamente o "seguro-viagem", e acrescentar documentação específica dos Ministérios da Saúde e Previdência Social.

Em relação à outros países como por exemplo a Holanda, existem trabalhos similares ao Saúde da Família modelo brasileiro, onde os atendimentos são feitos inicialmente por um médico da família, que analisa o paciente, e tem dois caminhos: ou prescreve o tratamento à ser seguido, ou o encaminha à outros profissionais de acordo com o caso, como: fisioterapeutas, ou alguma outra especialidade mais específica.

Segundo dados do Ministério da Saúde, até 2014 estão previstas abertura de novas vagas no quadro de pessoal dos PSF, e UBS, contanto também com novos  agentes comunitários, profissionais de saúde bucal, e novas equipes do Saúde da Família.

Com diversificada estratégia e equipes integradas, o Saúde em Família objetiva atender um maior número de indivíduos e seus lares, trazendo com isso uma melhor qualidade de vida, avanço benéficos  nas condições sanitárias, controle de epidemias, controle de uso e abuso de drogas lícitas e ilícitas, enfim, atingir-se  objetivos no sentido de, através da saúde alcançar comunidades mais bem preparadas para os problemas do dia a dia e mais abrangentemente um progresso  maior e unificado para o país.

Embora a saúde no país, não tenha ainda um atendimento que possa expressar o excelente, através de programas como o Saúde da Família, já podemos vislumbrar  estudos que  demonstram índices de queda da mortalidade infantil, e em algumas regiões encontram-se indicações de aumento em relação à satisfação do usuário.

Referência Bibliográfica:
Embaixada dos Países Baixos e Serviço de Informação do Exterior do Ministério de Relações Exteriores em Haia (DenHaag): http://www.brasileirosnaholanda.com/novo/index.php
"Convênios de saúde da Previdência Social (INSS) garantem assistência médica na rede pública de outros países". Disponível em http://nacidade.com.br/pr/curitiba/noticias/turismo-e-passeios/convenios-de-saude-da-previdencia-social-inss-garantem-assistencia-medica-na-rede-publica-de-outros-paises?first=1
Ministério da Saúde, Depto. de Atenção Básica, Depto. da Secretaria de Atenção à Saúde.
" O Programa de Saúde da Família", Cobra, Bruno Tessari; Pegoraro, Ilka Barbosa; Gonçalves, Mari Angela; Colli de Oliveira, Maria Alice;   2010 - 2012

AVISO LEGAL: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas para fins informacionais, não podendo, jamais, serem utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.
Arquivado em: Saúde