Ato Reflexo

Por Marina Martinez
Denomina-se reflexo ou ato reflexo a reação automática do organismo a um estímulo externo.

Seu funcionamento começa a partir dos neurônios sensitivos que percebem o estímulo vindo de fora e o conduz através dos nervos sensitivos até o encéfalo.

Chegando ao encéfalo, centro de todo o sistema nervoso, o estímulo entra em sinapses, que são encontros de neurônios pelas extremidades, atingindo o nervo motor que está fixado aos músculos, executando assim a ação.

Todo este caminho que o impulso nervoso percorre até o ato reflexo é chamado Arco Reflexo. Exemplos de Reflexo:

  • Piscar na presença de algum objeto perto dos olhos.
  • Contrair a perna devido a uma batida no joelho.
  • Retirar a mão de algo que machuque ou queime
  • Espirrar e tossir

Reflexos Incondicionados

ato reflexoOs Reflexos Incondicionados ou congênitos estão presentes no corpo humano desde o nascimento. Acontecem na região do Sistema Nervoso Central ou na própria medula, devido a um estímulo incondicionado, que o ocasiona naturalmente.

Esses atos inatos possuem extrema importância na sobrevivência do indivíduo, devido a suas ligações com as funções vitais do organismo como a circulação, deglutição, excreção, respiração entre outros.

Além de serem importantes para a sobrevivência, os reflexos incondicionados permitem que o indivíduo se defenda de algo que o possa prejudicar. Como por exemplo, o contato com algo quente ou fogo onde imediatamente acontece uma contração dos membros.

Exemplos de Reflexos Incondicionados:

  • Em situações de choque a resposta imediata é o afastamento.
  • Em situações de calor o organismo responde através da transpiração e suor.
  • Ao ver um alimento saboroso ocorre a salivação.
  • Situações de irritação nasal levando ao espirro.
  • Exposição a luz intensa ocorre à contração da pupila (algumas pessoas espirram também).
  • Estimulação genital levando à ereção e lubrificação.

Reflexos Condicionados

Além dos reflexos inatos ao seres humanos existem outros reflexos que podem ser desenvolvidos por estímulos diferentes. Os reflexos condicionados são produzidos sob determinadas condições preestabelecidas.

Um exemplo de reflexo condicionado é quando algumas pessoas vão ao dentista e ao escutarem o barulho da máquina usada pelo profissional, ficam ansiosas, com medo, devido suas vivências anteriores onde o barulho da maquina esta relacionado com a dor e o estresse da consulta.

Outro exemplo é que para alguns bebês os sons vindos do balanço da mamadeira causam sensações de fome.

Os reflexos condicionados variam de cada indivíduo e dependem de suas condições de vida.

A camada mais desenvolvida do cérebro humano, chamada córtex cerebral tem como função principal no início da vida organizar as conexões nervosas temporárias que são oriundas da seleção do estímulo apto a produzir um reflexo condicionado.

Ao escolher estímulos aptos para formarem reflexos condicionados, o córtex cerebral realizará uma atividade analisadora e sintética, aonde irá se basear para formação dos mecanismos condicionados.

As reações formadas através dos reflexos condicionados se transformam em sinais que podem ser visuais, sonoros, entre outros, sendo comum aos homens e animais. Porém a palavra é específica dos seres humanos, sendo um estímulo poderoso, onde, por exemplo, a palavra “comida” mesmo na ausência do alimento pode representá-lo muito bem.

Referências Bibliográficas:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Reflexo
http://pt.wikipedia.org/wiki/Condicionamento_clássico http://www.redepsi.com.br/portal/modules/smartsection/item.php?itemid=596