Lutas sociais no Equador, Peru e Argentina

LUTAS SOCIAIS NO EQUADOR

Semelhante ao que aconteceu no Paraguai, houve no Equador a instauração de um Parlamento do Povo, formado pela união de movimentos sociais e alguns setores da sociedade civil. Seu objetivo era discutir a política econômica do governo, a dolarização e as privatizações.

LUTAS SOCIAIS NO PERU

Destacaram-se no Peru os protestos contra a privatização dos portos, as paralisações dos caminhoneiros e as manifestações dos camponeses e indígenas.

Ocorreram intensos protestos pelo país envolvendo trabalhadores, partidos políticos, sindicatos, movimentos de mulheres, organizações, etc, denunciando a corrupção do governo e exigindo a renúncia do mesmo e a realização de novas eleições gerais.

LUTAS SOCIAIS NA ARGENTINA

No início de 2001, houve os chamados “cortes”, protestos realizados na Argentina, onde os manifestantes bloqueavam ruas, avenidas e ferrovias, apresentando um número grande de manifestantes. Tais conflitos perduravam por vários dias e envolviam desempregados, famílias inteiras e pessoas de baixa renda em geral, com o objetivo de reivindicar a distribuição de alimentos e de material escolar, além de planos de trabalho que viriam para diminuir o desemprego, que era cada vez mais crescente no país.

As manifestações populares eram das mais variadas, e tiveram uma grande intensificação, acontecendo principalmente na capital. Este clima de conflitos sociais era devido ao agravamento da crise econômica, a qual conferiu ao país o destaque na mídia.

Fontes:
http://www.ifch.unicamp.br/cemarx/coloquio/Docs/gt5/Mesa1/lutas-sociais-e-movimentos-populares-na-america-latina.pdf
http://lasa.international.pitt.edu/members/congress-papers/lasa2009/files/AlmeidaLucioFlavio.pdf
http://www.pucsp.br/neils/downloads/v17_18_lucio.pdf
http://contextopolitico.blogspot.com.br/2008/12/amrica-latina-e-as-lutas-sociais-na.html
http://www.loginlatino.com/2011/06/descubra-america-latina-e-suas-lutas_03.html

Arquivado em: Sociologia