Nanotecnologia

Por Fernando Rebouças
Através da organização de átomos, a nanotecnologia é uma ciência que possibilita a capacidade de criar objetos em diferentes “micro-escalas”  em sistema de planejamento em engenharia molecular. Esta área científica será responsável pela nova revolução industrial avançada.

A nanotecnologia está presente na medicina, eletrônica, ciência da computação, física, química, biologia e engenharia. Visa produzir objetos e dispositivos na escala atômica (referida como escala nano) a partir dos átomos.

Já há a produção de semicondutores, chips, microscópios de varredura e outros tipos de dispositivos. O  conceito desta ciência surgiu através dos estudos de Richard P.Feynman, publicamente exposto na palestra Sociedade Americana de Física realizada em 29 de dezembro de 1959.

O termo “nanotecnologia” foi referido pela primeira vez por Norio Taniguchi em 1974. Em escala nanométrica  um elemento químico pode se tornar explosivo, pois seus componentes tomam uma nova postura química.

A evolução da nanotecnologia no futuro poderá trazer profundas inovações tecnológicas na comunicação, na economia , nas questões sociais, no meio ambiente e na área militar. O conceito de “nanotecnologia” ficou mais difundido através dos trabalhos de Eric Drexler que, nos anos 80, publicou a obra “Engines of Creation”.

Drexler em seus estudos defendia a teoria hoje conhecida como nanotecnologia molecular, que na prática é a construção de um objeto átomo a átomo. Poderá existir, caso ocorra um descontrole nanotecnológico, a nanopoluição que consistiria nos micro-objetos pairando pela atmosfera e podendo invadir diversos tipos de organismos como o corpo humano.

Fontes:
http://www.euroresidentes.com/futuro/nanotecnologia/nanotecnologia_responsavel/introducao_nanotecnologia.htm
http://pt.wikipedia.org/wiki/Nanotecnologia
http://www.brasilescola.com/informatica/nanotecnologia.htm