Tsar Bomba

A bomba RDS-220, arma nuclear de maior potência já detonada na Terra, ficou conhecida como Tsar Bomba. Produzida pela URSS (União das Repúblicas Socialistas Soviéticas), o explosivo apresentava 57 megatons, isso equivale a 57 milhões em toneladas da substância TNT (trinitrotolueno), batendo em duas vezes a potência do 2º maior teste nuclear, o Teste 219, (24,2 Mt). A Tsar Bomba levou o nome-código "Ivan", escolhido pelos responsáveis do projeto.

tsar bombaNo mês de outubro de 1961 a Tsar Bomba foi testada na ilha de Nova Zembla, localizada no oceano Ártico. Com o objetivo de diminuir seu poder de destruição, o explosivo passou por uma redução de sua forma inicial, que apresentava 100 Mt. A bomba era tão grande que sua utilização em guerras se tornava inviável, sendo que sua criação se deu para propagandear o poder nuclear da URSS durante a Guerra Fria. De acordo com especialistas do setor, é praticamente impossível que uma bomba de mesmo porte seja desenvolvida.

Um nome importante para a criação da Tsar Bomba foi Nikita Khrushchov, primeiro-ministro da URSS e líder soviético após a morte de Stalin. Através do premiê e de uma equipe especializada, o projeto teve início em 1961. Foram requisitados testes para o mês de outubro daquele ano, enquanto o Vigésimo Segundo Congresso do Partido Comunista da União Soviética ainda estava sendo realizado. Com todos os elementos nucleares à disposição, o prazo de quinze semanas foi aprovado.

Tsar Bomba é um termo originado na prática tradicional dos russos de construir artefatos enormes para demonstrar seu poderio. Isso pode ser conferido em objetos como o Tsar Tank, o Tsar Kolokol e o Tsar Pushka, que consistiam, respectivamente, em enormes construções de um tanque bélico, um sino e um canhão. A despeito de o explosivo ter sido chamado desta forma pelos ocidentais, os próprios russos acabaram utilizando o nome após o fim da URSS.

Apesar de não ter a capacidade de utilização na prática de uma guerra, Khrushchov autorizou seu teste em um período de tensão geopolítica: o 1º muro de Berlim tinha sido construído no mês de agosto de 1961. Fora isso, a URSS tinha encerrado recentemente uma moratória referente a testes nucleares e ameaçava levar armamentos para Cuba, o que desencadeou a Crise dos Mísseis.

Khrushchev, ao discursar na Assembleia Geral das Nações Unidas, referiu-se ao teste da bomba com o ditado popular russo "mostrar a alguém a mãe de Kuzka", que tem o significado de punir. Por isso, muitas vezes a Tsar Bomba é chamada de "A Mãe de Kuzka" no território russo.

Veja o vídeo da detonação:

Fontes:
http://www.defence.pk/forums/military-forum/194882-soviet-tsar-bomb-compared-hiroshima.html
http://www.cracked.com/article_19546_7-nuclear-weapon-screw-ups-you-wont-believe-we-survived.html
http://en.wikipedia.org/wiki/Tsar_Bomba