Conjuntivite Alérgica

A conjuntivite é definida como uma inflamação na conjuntiva, que consiste na membrana que recobre a região “branca” do olho (esclerótica) e o interior das pálpebras. Esta patologia pode acometer ambos os olhos, persistindo, em média, de uma semana a quinze dias e não costuma deixar sequelas.

Dentre as diferentes etiologias da conjuntivite estão os fatores alérgicos, tóxicos ou infecciosos.

Conjuntivite Alérgica

Este tipo de conjuntivite acomete indivíduos propensos à alergia, como, por exemplo, pessoas com rinite ou bronquite, e comumente ataca ambos os olhos. Esta conjuntivite não é contagiosa, embora, muitas vezes, inicie-se em um olho para, por conseguinte, apresentar-se no outro. Pode ocorrer períodos de melhora, recidivando posteriormente. É importante descobrir a etiologia da patologia.

Dentre os sintomas envolvidos na conjuntivite alérgica estão o prurido ocular e/ou nas pálpebras, olhos hiperêmicos e secreção (geralmente pegajosa e incolor).

Uma vez que não acomete a córnea, é considerada benigna. O alérgeno mais comum envolvido nesses casos de conjuntivite é o pólen.

O tratamento é feito com fármacos anti-histamínicos e estabilizadores de mastócitos.

Leia também:

Fontes:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Conjuntivite
http://boasaude.uol.com.br/lib/ShowDoc.cfm?LibDocID=4426&ReturnCatID=1776
http://drauziovarella.com.br/doencas-e-sintomas/conjuntivite/
http://www.oftalmopediatria.com.br/texto.php?cs=2

AVISO LEGAL: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas para fins informacionais, não podendo, jamais, serem utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.
Arquivado em: Inflamações, Visão