Encanto Mortal

Mirabelle não é uma garota como as outras. Ela desconhece o próprio passado, envolto em brumas que ocultam a razão da morte dos pais dela. Tudo que seus guardiões lhe contam se revela uma farsa. Com um manto de ilusão lançado sobre a jovem, os tutores pretendem impedir que ela retorne ao povoado onde nasceu. Isso, claro, desperta a curiosidade da protagonista.


Assim, a garota decide partir sem o conhecimento de seus tutores. Uma semana antes de completar 16 anos ela vai para Beau Rivage, sua terra natal, e aí encontra um universo totalmente alternativo. No povoado as aparências realmente enganam e há segredos por toda parte. Neste mundo estranho as pessoas parecem viver mergulhadas em um conto de fadas, mas não as histórias encantadoras que sempre terminam com um final feliz, e sim uma realidade sombria e muitas vezes aterrorizante.

Mirabelle se depara com uma jovem de pele extremamente pálida que tem uma atração doentia por maçãs e com um rapaz do tipo boêmio, odiado por todos, que se transforma em fera diante de todos os seus conhecidos, o garoto amável viciado em salvar damas que estejam correndo qualquer espécie de risco, entre outras criaturas cativas de uma existência inusitada, já que estão sempre protagonizando essas histórias mágicas sinistras. De uma forma ou de outra, todos parecem estar amaldiçoados, reinterpretando constantemente velhas narrativas e enfrentando terríveis maldições.

Ao procurar por suas raízes, a protagonista ingressa nessa atmosfera aflitiva e inevitável. Aqui mais uma vez os contos de fada são recriados com doses de terror, amor e morte. Eros e tanatos se entrelaçam, gerando um clima funesto. Gradualmente a heroína compreende qual a sua missão nesse mundo. Especialmente quando se vê na companhia de dois irmãos que têm em comum um mistério tenebroso e o amor que sentem por ela.

Esta ficção fantástica é um dos mais novos lançamentos da editora Verus, do Grupo Editorial Record. Sarah Cross, conhecida também por sua obra Dull Boy, editada em 2009 nos EUA, mas ainda não publicada no Brasil, tece neste livro uma versão mais moderna e estimulante dos antigos contos de fadas. É a leitura ideal para aqueles que adoram as séries televisivas Once Upon a Time e Grimm.

Sarah Cross nasceu nos Estados Unidos. A escritora traz em seu currículo literário, além desta releitura das histórias antigas, a novela Dull Boy e as graphic novels do super-herói Wolverine, The Adamantium Diaries. Ela é apaixonada por contos de fadas, identidades ocultas e um ambiente sossegado.

Fontes:
http://beletristas.com/noticias-de-livros-verus-publica-encanto-mortal-de-sarah-cross/
http://www.romancesinpink.com.br/2013/11/encanto-mortal-sarah-cross.html
http://www.skoob.com.br/autor/10017-sarah-cross

Arquivado em: Livros