Kardec

O novo personagem biografado por Souto Maior, o francês Allan Kardec, que viveu no período que vai de 1804 a 1869, foi o responsável pela codificação da Doutrina Espírita. No que depender do autor e dos investimentos da editora, a Record, este livro promete vender tanto quanto ou talvez até mais que outra obra biográfica dele, As Vidas de Chico Xavier, publicada pela Leya.


Este sucesso de vendas atingiu por volta de 1 milhão de exemplares vendidos e foi convertido em uma produção cinematográfica, Chico Xavier, assistida por mais de 3 milhões de espectadores. Kardec é por si mesmo um bestseller. Suas publicações já alcançaram mais de 11 milhões de cópias vendidas em todo o país. Esses dados foram calculados com base apenas na Federação Espírita Brasileira.

A biografia de Kardec também promete ganhar uma versão nos cinemas; o filme será lançado provavelmente em 2015, sob a batuta do cineasta Wagner de Assis. A história tem como público alvo o leitor que não conhece bem o Espiritismo, e com essa aposta a editora se aproxima de um leitor mais propício ao tema.

Apesar de somente 2%, ou seja, 3,8 milhões de pessoas, se confessarem como seguidores da Doutrina Espírita, de acordo com o Censo de 2010, é possível computar pelo menos 50 milhões de simpatizantes dessa crença, conforme cálculos da Federação Espírita Brasileira.

Essas pessoas apresentam uma educação mais apurada e recursos financeiros consideráveis. Elas costumam adquirir livros e não se importam de pagar um valor mais elevado por eles. Talvez por isso a editora esteja jogando todas as suas fichas neste lançamento.

Os responsáveis pelo marketing criaram uma incrível estratégia publicitária. A imagem de Kardec estará presente, por algum tempo, na televisão, nas rádios, no metrô, no mundo virtual e, claro, nas livrarias. Além disso, a editora distribuirá inicialmente 100 mil exemplares deste livro.

Nesta obra o autor transcende a doutrina espírita para descrever como o professor Hippolyte, a princípio descrente, transformou-se em um apóstolo do Espiritismo, praticamente dando impulso à disseminação desta fé religiosa. Nas suas investigações Souto Maior utilizou textos históricos, tais como jornais e revistas publicados no período em que Kardec codificou sua obra. Ele inclui até mesmo originais da Revista Espírita, a qual, na época, era uma publicação mensal de Kardec. Ela circulou durante 12 anos.

Marcel Souto Maior  nasceu no Rio de Janeiro, em 1965 ou em 1966. O escritor é também jornalista e já publicou 10 livros. Ele se tornou célebre por suas obras sobre a Doutrina Espírita e o médium Chico Xavier. O autor diz não acreditar em Deus e seu livro, Chico Xavier, deu origem ao filme de mesmo nome, dirigido por Daniel Filho.

Fontes:
http://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/2013/11/1365554-biografia-de-allan-kardec-chega-as-livrarias-para-repetir-fenomeno-de-chico-xavier.shtml
http://exame.abril.com.br/estilo-de-vida/noticias/biografia-de-allan-kardec-e-sucesso-de-vendas
http://pt.wikipedia.org/wiki/Marcel_Souto_Maior

Arquivado em: Livros