Livrai-nos do Mal

Shaw era apenas um espião do serviço secreto, mas conheceu Anna e neste encontro nasceu uma intensa paixão. Seu maior sonho, agora, era se casar com sua amada, mas subitamente ela é assassinada em um ato terrorista. Mergulhado na dor e na tristeza, ele decide assumir uma investigação para sobreviver ao luto.


Desta vez seu adversário parece ser somente um empresário de sucesso. Porém, nos bastidores de seu poder econômico, Evan Waller oculta um negócio que envolve o comércio de mulheres. Agora, para ampliar ainda mais sua riqueza, o magnata passa a destinar seus recursos para uma operação que tem um potencial letal, ela pode eliminar milhões de seres humanos.

Com o objetivo de refrear os planos de seu antagonista, Shaw é enviado à bela Provence, na França, região na qual o empreendedor permanecerá durante o período de suas férias. Nesta pequena comunidade os caminhos do agente secreto e da misteriosa Reggie Campion se cruzam.

Aos poucos ele descobre que ela trabalha para uma organização de justiceiros. A jovem foi adestrada para ser uma assassina. A meta dela e de seu grupo é libertar a Terra dos que praticam crimes contra a humanidade. Neste momento o centro de seus interesses é o ucraniano Fedir Kuchin, refugiado no Canadá sob a falsa identidade de Evan Waller.

A espiã age com a assessoria de um conjunto de pessoas; elas rastreiam a localização atual de criminosos de guerra e, então, Reggie se insinua na residência destes homens e, depois de enfeitiçá-los com seu charme, ela os mata. Fedir é um antigo oficial de Stalin, ex-membro da KGB, e eliminou um grande número de pessoas na Ucrânia.

Ele imediatamente é atraído pela bela jovem, hóspede de uma residência luxuosa na vizinhança da sua mansão. Mas, à medida que Reggie se aproxima dele, ela passa a se perguntar sobre a própria missão dela. Terá realmente o poder de realizar o julgamento sumário de alguém e de eliminá-lo?

Reggie fica ainda mais perdida quando seus passos se chocam com os de um estranho homem que faz de tudo para perturbar seus projetos. Ele se identifica como A. Shaw, um antigo lobista norte-americano, atualmente em regime de aposentadoria. Os dois desconhecem que estão atrás do mesmo adversário e, enquanto se esforçam para saber mais um sobre o outro, nasce entre ambos uma forte atração.

David Baldacci nasceu em 1960 no estado da Virgínia, nos Estados Unidos. Trabalhou no campo do Direito em Washington e só depois de algum tempo resolveu se devotar ao universo literário. O autor já vendeu mais de 110 milhões de exemplares em todo o globo, e conseguiu atingir o topo da lista dos mais vendidos do The New York Times com 16 livros seguidos.

Em parceria com a mulher ele inaugurou a Wish You Well Foundation, uma instituição sem fins lucrativos que tem como objetivo dar suporte a programas de educação e literatura no seu país. Neste segundo volume da saga de Shaw, o autor tece uma história bem estruturada que mostra ao leitor o quanto as trevas ainda estão presentes no interior de cada ser.

Fontes:
http://www.editoraarqueiro.com.br/autores/ver/46
http://www.editoraarqueiro.com.br/livros/ver/221

Arquivado em: Livros