Morra Por Mim

Kate é uma garota comum de 16 anos. De repente, porém, sua vida se transforma radicalmente. Seus pais sofrem um trágico acidente automobilístico e não sobrevivem. Então a protagonista e a irmã dela, Georgia, abandonam Nova Iorque e vão para Paris; aí ficam sob a tutela dos avôs, Papy e Mamie.


Ela e a irmão são totalmente diferentes; Georgia, a primogênita, prefere curar sua dor junto aos amigos, em bares e baladas. Já Kate é mais reclusa, adora ficar na companhia dos seus livros e consigo mesma. Mas um dia ela decide passar algum tempo em um dos cafés encantadores que ela adora visitar, sempre em regiões tranqüilas da capital francesa.

Neste momento ela encontra Vincent, um jovem de pele bronzeada, esbelto e atraente, pertencente a uma elevada classe social. Mas este lindo e enigmático garoto francês promete provocar mais confusão na sua vida do que resolver as complicações já existentes.

Ao descobrir a verdadeira identidade do rapaz, Amy terá que optar entre esquecer o homem que abalou seu coração e continuar com uma rotina estável, ou admitir sua paixão por ele e assumir as consequências de um relacionamento com um ser imortal e cercado por adversários, o que pode modificar definitivamente sua existência.

A história, conduzida pela voz de Kate, cativa o leitor desde o momento em que a trama se desenvolve, o que exige um pouco de paciência, pois leva algum tempo para a narrativa se desenrolar. O livro, que já tinha se tornado uma sensação desde seu lançamento, foi também muito bem recepcionado no Brasil.

A autora combina muito bem os ingredientes de uma boa história do gênero YA. Suas páginas são povoadas pela heroína arrebatada pela paixão, pelo garoto heróico que tem a intenção de proteger a raça humana, o eterno confronto entre o bem e o mal, todos eles elementos bem construídos e entretecidos. Amy foi realmente cuidadosa na elaboração da trama.

Amy Plum é a autora dessa trilogia, composta por Die For Me, Until I Die e If I Should Die, publicado em maio de 2013. A autora cresceu na cidade de Birmingham, no Alabama, depois foi para Chicago e finalmente para Paris. Após cinco anos mudou-se novamente, desta vez para Londres. Na capital inglesa conquistou um mestrado em História da Arte Medieval, aprimorando-se na pintura de Siena Precoce.

Ela atuou no campo da arte e das antiguidades em Nova Iorque. Porém, após quase 10 anos ela mudou-se mais uma vez para a França, fixando-se em um vilarejo francês de apenas 1300 moradores. Após o contrato com a editora Harper Collins para a edição da saga Die For Me, ela abandonou o trabalho para se dedicar integralmente à escrita.

Fontes:
http://www.cacholaliteraria.com.br/2013/08/resenha-morra-por-mim-amy-plum.html#.Ula0KdLLB8E
http://www.skoob.com.br/autor/8301-amy-plum

Arquivado em: Livros