Definições de Logística

A palavra/termo Logística, segundo Novo Dicionário Aurélio da Língua Portuguesa, deriva da palavra francesa Logistique, que – em uma de suas definições – cita “projeto e desenvolvimento, obtenção, armazenamento, transporte, distribuição, reparação, manutenção e evacuação de material para fins operativos ou administrativos”.

Contudo, mesmo não recebendo esse título, desde os tempos mais remotos as atividades logísticas vêm sendo praticadas, pois ao longo da história o homem sempre necessitou transportar, armazenar e distribuir itens físicos como alimento e equipamento de caça, por exemplo. Porém, ao passar dos séculos essa ciência tem amadurecido e solidificado seus conceitos e fundamentos.

Seguem abaixo as mais recorrentes definições sobre o tema:

“Processo de planejamento, implementação e controle eficiente e eficaz do fluxo e da armazenagem de mercadorias, serviços e informações relacionadas desde o ponto de origem até o ponto de consumo, com o objetivo de atender às necessidades do cliente” (Concil of Supply Chain Management Professionals – CSCMP, 1995)

“Um processo que integra, coordena e controla a movimentação de materiais, o inventário de produtos acabados e as informações relacionadas (dos fornecedores), através de uma empresa para satisfazer às necessidades dos clientes”. (Instituto de Movimentação e Armazenagem de Materiais – IMAM, 2000)

“Processo de gerenciar estrategicamente a aquisição, movimentação e armazenagem de materiais, peças e produtos acabados (e os fluxos de informações correlatas) através da organização e seus canais de marketing, de modo a poder maximizar as lucratividades presente e futura através do atendimento dos pedidos a baixo custo”. (Martin CHRISTOPHER, 1997)

“Atividades de movimentação e armazenagem que facilitam o escoamento de produtos desde o ponto de aquisição da matéria-prima até o ponto de consumo final, assim como dos fluxos de informação que colocam os produtos em movimento, com o propósito de providenciar níveis de serviço adequados aos clientes a um custo razoável”. (Ronald H. BALLOU, 1993)

“Estudo de como a administração pode prover melhor nível de rentabilidade nos serviços de distribuição aos clientes e aos consumidores através de planejamento, organização e controle efetivos para as atividades de movimentação e armazenagem que visem facilitar o fluxo de produtos”. (Ronald BALLOU,1993)

“É um esforço integrado com o objetivo de ajudar a criar valor para o cliente ao menor custo total possível”. (Daniel BOWERSOX et al., 1986)

Conforme Edelvino Razzolini Filho, professor e autor do livro Transporte e Modais com Suporte de TI e SI, a Logística pode ser entendida como fluxo, pois os sistemas de apoio a essa atividade devem sempre ser projetadas com vistas à otimização do fluxo da informação, do fluxo físico e também do fluxo financeiro.

Assim, cabe a afirmação do pesquisador Paulo Fernando Fleury ao alegar que a Logística tem se apresentado como algo paradoxal, pois ao mesmo tempo em que é uma das atividades econômicas mais antigas, possui os conceitos mais modernos da administração.

Referências:
RAZZOLINI FILHO, Edelvino. Transportes e modais: com suporte de TI e SI. 3. ed. Curitiba: Ibpex, 2011.
______. Logística empresarial e cadeia de suprimentos. Curitiba, 2010.

Arquivado em: Administração