Uretra

Por Débora Carvalho Meldau
A uretra é um tubo que leva a urina da bexiga para o exterior, no ato da micção.

No sexo masculino, a uretra dá passagem ao esperma durante a ejaculação. Já no sexo feminino, este é um órgão exclusivamente do aparelho urinário.

Uretra no organismo masculino

A uretra masculina é formada por três porções, que são:

  • Porção prostática: situa-se próximo a bexiga e no interior da próstata. Os ductos que transportam a secreção da próstata abrem-se na uretra prostática. Em sua parte dorsal, existe uma elevação que faz saliência para o interior da uretra, denominada verumontanum. No ápice desta saliência, abre-se um tubo cego, sem função conhecida, o utrículo prostático. Nos lados do verumontanum abrem-se dois ductos ejaculadores, pelos quais passa o esperma. Esta uretra é revestida por um epitélio de transição.
  • Uretra membranosa: possui apenas 1 centímetro de extensão e é revestida por epitélio pseudo-estratificado colunar. Nessa região da uretra, encontra-se um esfíncter de músculo estriado, denominado esfíncter externo da uretra. Lateralmente a esta porção, estão presentes as glândulas bulbouretrais (de Cowper), uma de cada lado.
  • Uretra cavernosa: encontra-se localizada no corpo cavernoso do pênis. Próximo à sua extremidade externa, a luz da uretra cavernosa dilata-se, dando origem à fossa navicular. Nessa porção são encontradas glândulas produtoras de muco (glândulas de Littré), responsáveis pela lubrificação sexual. Nesta região também desembocam os ductos das glândulas bulbouretrais. O epitélio dessa uretra é do tipo pseudo-estratificado colunar, com áreas de epitélio estratificado pavimentoso.

Uretra no organismo feminino

Na mulher, a uretra localiza-se logo atrás da sínfise pubiana e anteriormente à vagina e mede, aproximadamente, 4 a 5 centímetros de comprimento e é revestida por epitélio plano estratificado. Esta estrutura passa no diafragma urogenital, composto por músculo esquelético sob a forma do esfíncter externo da uretra, que é voluntário. Há diversas glândulas parauretrais, semelhantes as da próstata masculina, ativadas durante as relações sexuais. Estas glândulas, denominadas glândulas de Skene, localizam-se no ponto G e possuem as funções de lubrificação, produção da enzima PDE5 e são responsáveis também pela ejaculação feminina.

Fontes:
Histologia Básica – Luiz C. Junqueira e José Carneiro. Editora Guanabara Koogan S.A. (10° Ed), 2004.