Dachshund ou Teckel

Esta raça canina se destaca por seu comportamento dedicado e afável, pela natureza ponderada e persistente, até de certa forma traduzida por uma certa teimosia. Não há quem resista a este bichinho que mais parece um salsichinha, por sua dorsal alongada e as patas curtas.

O Dachshund ou Teckel – traduzindo, o cão texugo -, como a maioria dos proprietários prefere denominar este cachorro, é extremamente inteligente e ladino, cativando sempre as pessoas por sua rara simpatia. Ele é amado especialmente pelas crianças, por sua meiguice e sua intensa fidelidade.

Este animal caloroso e cheio de vida procede de terras alemãs e, neste território germânico é a raça que apresenta maior número de crias. Ultimamente os especialistas adotaram o nome Teckel, e até mesmo o Clube do Dachshund do Estado de São Paulo decidiu substituir um termo pelo outro.

De um lado o Teckel, que cresce até atingir os 30 ou 35 cm, é um determinado caçador, detentor de um faro potente; de outro, é doce e afeiçoa-se rapidamente à família. Mas é preciso saber lidar com ele, ou este cachorro irá dominar seus proprietários; ele deve estar ciente de que não é o líder do espaço, mas essa tarefa deve ser levada a cabo com muita serenidade, embora com boa dose de firmeza, para que o animal não se torne feroz.

A coloração desta raça muda constantemente, daí ser possível registrar espécimes pretos, castanho-avermelhados, cinzas e marrons. Seu porte e sua personalidade permitem que eles sejam criados no interior de um apartamento, mas é importante que eles sempre tenham algo com que se distrair, e constantemente façam uma pequena caminhada.

O Teckel pode viver pelo menos 14 anos em média, desde que se tomem algumas precauções. É bom que eles não fiquem subindo e descendo escadas, uma vez que sua área dorsal é de formato alongado. Deve-se manter um regime constante, para que este animal não engorde muito. Seu peso ideal pode variar de 3,5 kg a 11 kg.

As enfermidades que mais o atingem são as relacionadas à coluna, ao rim, que pode vir a conter cálculos renais, e às mamas, nas quais podem se formar alguns tumores. Portanto, é sempre bom estar atento à sua saúde.

Os pelos desta raça são normalmente lisos, curtos, consistentes e repletos de brilho; ou duros, irregulares ao tato, com barba e subpelo delgado; e também podem ser longos, compridos, macios e brilhantes. Para quem estiver interessado em obter um exemplar deste animal, o preço vai de R$ 400 a R$ 1.000.

Esta estirpe canina apresenta igualmente uma outra utilidade, além das já descritas, ele é muito atencioso e observador, e assim pode se tornar um ótimo cão de guarda. Com o passar do tempo, ele se torna cada vez mais submisso aos donos, podendo desta forma ser facilmente preparado para assumir esta responsabilidade. Enfim, o Teckel é um companheiro e tanto, adora brincar com as crianças, e é com certeza dotado de muita coragem.

Fontes
http://familiapet.uol.com.br/caes/racas/dachshund.htm
http://pt.wikipedia.org/wiki/Dachshund
Revista da Folha – 12 de abril de 2009 – Ano 17 - Nº 861.

Arquivado em: Cães