Aleister Crowley

Mestrado em História (UFJF, 2013)
Graduação em História (UFJF, 2010)

Aleister Crowley foi um importante e influente ocultista britânico.

Nascido no dia 12 de outubro de 1875, Edward Alexander Crowley era filho de um dono de cervejaria e sua mãe era proveniente de famílias tradicionais. Seus pais eram membros de uma facção mais conservada do cristianismo chamada de Irmãos de Plymouth, o que marcou a criação do menino Crowley com a leitura de um capítulo da bíblia diariamente. Perdeu o pai com apenas 11 anos, o que impactou muito a sua vida. Foi mandado a uma escola da irmandade que seus pais eram membros, porém foi expulso em pouco tempo. Após concluir seus estudos passando por outras instituições de ensino, sua personalidade era cética e posicionava-se contra a moralidade cristã na qual foi criado. Ingressou na faculdade de Filosofia em Cambridge, mas logo trocou para Literatura Inglesa, moldando mais ainda sua severidade contra o cristianismo. É a mesma época em que passou a assumir o nome de Aleister Crowley.

Aleister Crowley gostava muito de alpinismo, de poesia e de xadrez. Sua vida na faculdade foi permeada por prostitutas em bares e tabacarias. Chegou a ter um relacionamento com um homem chamado Herbert Pollitt, que chegou ao fim pelas discordâncias com as ideologias esotéricas de Crowley. Em 1896, teve a primeira significativa experiência com religiosidade, o que o fez estudar ocultismo, misticismo, alquimia e magia. Ao ficar doente, iniciou uma série de questionamentos sobre a mortalidade e a futilidade da vida humana. O resultado foi a decisão de dedicar sua vida ao oculto, abandonando Cambridge, em 1897, antes de ter qualquer formação completa.

Em 1898, Aleister Crowley iniciou na Ordem Hermética da Aurora Dourada e recebeu o nome mágico de Frater Perdurabo. Adquiriu o próprio apartamento em Chancery Lane e reservou espaços para a prática da Magia Branda e da Magia Negra. Logo em seguida, Allan Bennett foi morar com Crowley e se tornou seu tutor nas magias. Em 1899, Crowley se mudou para a Escócia e, no ano seguinte, Bennett foi estudar budismo no Sri Lanka. Crowley teve uma série de desavenças com os membros da Aurora Dourada e resolveu fazer viagens pelo mundo. Foi durante essas viagens que se dedicou ao yoga. De volta à Europa, casou-se com Rose Edith Kelly simplesmente por conveniência, mas acabou se apaixonando pela mulher e desenvolvendo um real namoro com ela. Em 1904, os dois viajaram em núpcias pelo Egito quando, entre 8 e 10 de abril, Hórus falou através de sua esposa. O resultado disso foi o Livro da Lei ditado por uma entidade de nome Aiwaz e escrito por Aleister Crowley, sua obra mais importante.

Aleister Crowley foi também fundador da doutrina Thelema e líder da O.T.O. Grande esotérico, dominava o conhecimento sobre magia cerimonial e cabala. Foi ainda um crítico social e defensor do libertarianismo, sendo autor da frase “Faz o que tu queres, pois será tudo da lei”. Por sinal, esta expressão o tornou mundialmente famoso e rendeu-lhe também o título de homem mais perverso do mundo. É relacionado como um dos maiores britânicos de todos os tempos, tendo influenciado pessoas em todo o mundo. Aleister Crowley viveu seus últimos anos em Hastisgs e faleceu no dia primeiro de dezembro de 1947 vítima de bronquite crônica e complicações cardíacas. Foi cremado quatro dias depois.

Fonte:
http://www.aleistercrowley.com.br

Arquivado em: Biografias