Nucleotídeos

Por Débora Carvalho Meldau
Nucleotídeos, também conhecidos como nucleótidos, são compostos que carregam muita energia e que auxiliam nos processos metabólicos, especialmente as biossínteses, em grande parte das células. Atuam também como sinais químicos, respondendo assim a hormônios e outros estímulos extracelulares. Além disso, são também componentes estruturais de co-fatores enzimáticos, intermediários metabólicos e ácidos nucléicos.

Os ácidos nucléicos são compostos orgânicos, que apresentam esse nome em função da sua origem no núcleo celular. Todos eles são formados pela polimerização de nucleotídeos. Cada nucleotídeo é composto de uma ose (que pode ser ribose ou a desoxirribose, mas sempre uma pentose), um base nitrogenada e um radical fosfato (HPO4) proveniente do ácido fosfórico.

Em uma molécula de ácido nucléico, centenas e às vezes milhares de nucleotídeos se encadeiam, originando um longo filamento simples ou duplo. Habitualmente, as moléculas que apresentam um único filamento são as do grupo dos ácidos ribonucléicos, representados todos pela sigla RNA, enquanto que as que possuem duplo filamento, isto é, dupla cadeia polinucleotídica, pertencem ao grupo dos ácidos desoxirribonucléicos, conhecidos pela sigla DNA.

Os nucleotídeos de DNA possuem sempre, como ose, a desoxirribose. Já na molécula de um RNA, os nucleotídeos possuem todos, como ose, a ribose.

As bases nitrogenadas são oriundas da purina e da pirimidina. Deste modo, se diferenciam bases purínicas e bases pirimidínicas, também chamadas de bases púricas e pirimídicas, respectivamente.

As bases purínicas são a adenina e a guanina, comuns tanto em moléculas de DNA quanto nas de RNA. As bases pirimidínicas, todavia, não são as mesmas nos nucleotídeos de DNA e de RNA. Em nucleotídeos de DNA, encontramos a citosina e a timina, como bases pirimidínicas, enquanto que em nucleotídeos de RNA, são comuns a citosina e a uracila.

Tanto nos DNA quanto nos RNA, a molécula se mostra longa, descrevendo uma trajetória helicoidal. O DNA encontra-se no núcleo celular, compondo os cromossomos, juntamente com proteínas. Mais precisamente, são responsáveis por formar os genes. Já o RNA participa principalmente do processo de síntese de proteínas.

Fontes:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Nucle%C3%B3tido
http://www.bioq.unb.br/htm/textos_explic/moleculas-intro/nucleot_intro.htm
http://www.lncc.br/~labinfo/tutorialRN/frm3_ClassificacaoNucleotidios.htm
http://www.portaleducacao.com.br/enfermagem/artigos/1005/nucleotideos
https://www.msu.edu/course/isb/202/ebertmay/notes/snotes/02_15_07_genes_evo2.html
Biologia – José Luiz Soares. Editora Scipione. Vol. Único.