Hidrosadenite

A hidrosadenite, também chamada de hidradenite, trata-se de uma doença cutânea crônica recorrente, que acomete regiões do organismo na qual são encontradas glândulas apócrinas devido a uma predisposição pessoal, ocasionando formação de nódulos inflamatórios e abscessos.

O local mais comumente afetado são as axilas; todavia, pode surgir também na virilha, períneo, nádegas, região periumbilical, raramente nas auréolas mamárias e abaixo dos seios nas mulheres.

O fator que aparentemente desencadeia esta moléstia é a obstrução do ducto folicular, sendo que o uso de desodorantes anti-transpirantes e a depilação são considerados fatores predisponentes ou agravantes desta condição, que costuma afetar as mulheres em maior proporção. Além disso, pode ser decorrente de uma infecção bacteriana, suor excessivo, disfunção androgênica e desordens genéticas que alteram a estrutura da célula.

Clinicamente, observa-se a presença de um nódulo vermelho e doloroso na região afetada, que lembra um furúnculo. O grau de inflamação varia, desde branda até intensa. Por conseguinte, o nódulo fistula e libera pus. No entanto, isso nem sempre é o suficiente para que a condição regrida.

O quadro varia, podendo surgir uma ou várias lesões, afetando um ou mais regiões do corpo. Pode ser também que ocorra somente um episódio da hidrosadenite, ou então, a mesma pode ser recorrente, apresentando outros episódios ao longo da vida. Neste último caso, diversas cicatrizes fibrosas acabam ficando nos locais acometidos.

O tratamento é feito com antibióticos locais e sistêmicos. Em lesões maiores, pode ser necessário realizar a drenagem da lesão, auxiliando na liberação da secreção purulenta, com consequente alívio da dor.

Nos casos recorrentes, existe a opção de tratamento cirúrgico, no qual é feita a remoção das glândulas da região.

Recomenda-se evitar raspar ou depilar os pelos do local acometido, bem como o uso de desodorantes anti-transpirantes, uma vez que essas medidas contribuem para a obstrução do folículo piloso.

Fontes:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Hidrosadenite
http://dermatologia.net/novo/base/doencas/hidradenite.shtml
http://files.bvs.br/upload/S/1413-9979/2011/v16n1/a1837.pdf

AVISO LEGAL: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas para fins informacionais, não podendo, jamais, serem utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.
Arquivado em: Dermatologia, Doenças