Obstrução do Canal Nasolacrimal

A obstrução do canal nasolacrimal, condição também conhecida como dacrioestenose, consiste do bloqueio sistema nasolacrimal, que pode ser parcial ou total, decorrente do desenvolvimento inadequado desse sistema, ou resultante de processos inflamatórios.

Esta condição habitualmente leva ao lacrimejamento excessivo, na maior parte dos casos, unilateral. Nos casos de obstrução do canal lacrimal por muito tempo, pode levar à inflamação ou infecção dessa estrutura, uma vez que a lágrima fica retida por muito tempo. Nessa situação, o local inflamado, que é a região interna inferior do olho, perto à base do nariz, ficando vermelho, inchado e dolorido. Também pode ocorrer drenagem de secreção purulenta.

Esta condição é muito comum em bebês e em aproximadamente 80% dos casos de obstrução do canal nasolacrimal resolve-se espontaneamente dentro do primeiro ano de vida. Contudo, massagem suave no contado do olho, bem próximo à base do nariz, pode auxiliar na desobstrução do canal nasolacrimal, bem como a aplicação de compressas quente e uso de anti-inflamatórios. Quando não há melhora, o paciente deve ser submetido a um procedimento cirúrgico.

Fontes:
http://www.aptomed.com.br/canal/Oftalmologia/Orbita-e-Vias-Lacrimais/Obstrucao-do-canal-lacrimal
http://pt.wikipedia.org/wiki/Canal_lacrimal
http://www.tuasaude.com/bloqueio-do-canal-lacrimal-dacrioestenose/

AVISO LEGAL: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas para fins informacionais, não podendo, jamais, serem utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.
Arquivado em: Doenças