Pioderma Gangrenoso

O pioderma gangrenoso trata-se de uma rara desordem cutânea inflamatória, de etiologia ainda não elucidada, que foi descrita pela primeira vez na década de 1930, por Brunsting e colaboradores.

Esta moléstia faz parte do grupo de dermatoses neutrofílicas, que consiste em processos inflamatórios reativos. Todas as doenças desse grupo possuem em comum neutrofilia dérmica não infecciosa.

Embora a causa ainda não seja conhecida, acredita-se que o dano cutâneo presente nesta desordem seja imunomediado. A sugestão é de que a disfunção neutrofílica, nomeadamente defeito na quimiotaxia ou hiperreatividade, como possível causa.

Afeta com maior frequência mulheres jovens e aproximadamente 50% dos casos estão relacionados com outras patologias, em especial doenças inflamatórias intestinais (como doença de Crohn e retocolite ulcerativa inespecífica), poliartrites e desordens hematológicas.

As manifestações clínicas envolvem lesões pustulares, nodulares ou bolhosas, que com a evolução da doença evoluem para úlceras destrutivas, ligeiramente elevadas e de coloração violácea, apresentando centro necrótico, com sangue e pus. Costumam situar-se em membros inferiores e troncos.

Nos dias de hoje, são conhecidas quatro formas clínicas da doença:

  • Ulcerativa;
  • Pustulosa;
  • Bolhosa;
  • Vegetante.

O diagnóstico é feito por exclusão, já que o histopatológico é inespecífico e não existem marcadores sorológicos para identificar este transtorno.

O diagnóstico diferencial inclui estomatite aftosa, herpes simples, doença de Behçet, impetigo e síndrome de Churg-Strauss.

O tratamento não é específico e não há um consenso. Geralmente abrange o uso de antibióticos de amplo espectro, corticoides, fármacos imunossupressores e imunomoduladores, que devem ser utilizados em associação com analgésicos e antissépticos tópicos.

Fontes:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Piodermite_gangrenosa
http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0482-50042009000300013&script=sci_arttext
http://dermatology-s10.cdlib.org/1507/reviews/pg/duarte.html

AVISO LEGAL: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas para fins informacionais, não podendo, jamais, serem utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.
Arquivado em: Doenças