Síndrome de Couvade

Por Débora Carvalho Meldau
A síndrome de Couvade, também chamada de gravidez fantasma ou gravidez simpática em alguns países, não se trata de uma patologia, mas sim da apresentação, por parte do homem, de um conjunto de sintomas durante a gestação de sua companheira.

A etiologia desta síndrome ainda não é consenso entre a comunidade médica. Alguns profissionais acreditam que se trate de uma condição psicossomática, enquanto outros acham que a mesma apresente etiologia biológica. De acordo com a teoria “psico-evolucionária”, a síndrome de Couvade consiste em uma forma de diminuir as diferenças sexuais durante a experiência de gravidez e de parto. Outra hipótese é a de que esta condição seja uma forma de estabelecer o papel do pai na vida da criança e para conferir equivalência aos papéis de gênero.

Pais que são muito ligados à companheira e à gestação podem exprimir psicologicamente sensação similar às apresentadas pela gestante, como náuseas no período da manhã, desejos, ganho de peso, dor de estômago, indigestão, alterações dos níveis hormonais, do sistema gastrointestinal e do sono. Nos casos mais extremos, pode ocorrer o crescimento de barriga nos homens semelhante à de uma mulher gestante.

Estudos apontam que mais da metade da população de futuros pais (aproximadamente 54%) acabam apresentando sintomas relativos à gestação no decorrer da mesma.

A síndrome de Couvade habitualmente não resulta em distúrbios psíquicos. Contudo, quando a situação passa a incomodar o casal ou pessoas próximas, é aconselhado procurar ajuda de um especialista.

Fontes:
http://www.tuasaude.com/sindrome-de-couvade-a-paternidade-a-flor-da-pele/
http://vilamulher.terra.com.br/sindrome-de-couvade-8-1-53-72.html
http://www.mulhersexofragil.com.br/saiba-o-que-e-a-sindrome-de-couvade/
http://en.wikipedia.org/wiki/Couvade_syndrome

AVISO LEGAL: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas para fins informacionais, não podendo, jamais, serem utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.