Útero Bicorno

Por Débora Carvalho Meldau
O útero bicorno, também chamado de útero bicorne, trata-se de uma malformação uterina congênita, caracterizado por apresentar uma membrana que divide o útero internamente em dois lados.

O grau de separação entre os dois lados varia. Pode ser pouco separado, ou ainda completamente separado, resultando em dois úteros.

Esta malformação pode ser um empecilho na manutenção de uma gestação até o fim, sendo estimado que somente cerca de 60% das mulheres com esta condição conseguem dar à luz a uma criança viva. Desta forma, o útero bicorno está relacionado com uma alta taxa de abortos espontâneos. Além disso, parto prematuro, insuficiência cervical, especialmente no primeiro trimestre da gestação, apresentação pélvica e/ou retenção de placenta são ocorrências comuns nesta condição.

O diagnóstico desta condição é feito por meio de exames de imagem, como radiografias e ultrassonografia.

Em alguns casos pode ser feita a reconstrução laparoscópica do útero bicorno, enquanto em outros, o uso de DIU é mais indicado.

Fontes:
http://pt.wikipedia.org/wiki/%C3%9Atero_bicorno
http://www.babymed.com/pregnancy-complications/bicornuate-uterus
http://miscarriage.about.com/od/problemswiththeuterus/p/bicornuate.htm

AVISO LEGAL: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas para fins informacionais, não podendo, jamais, serem utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.