Cocaína e o Crack

Por Lucas Martins
A cocaína é produzida a partir de folhas de coca, e geralmente é um pó branco, mas com outras formas de produção pode-se chegar à uma pedra (crack). Normalmente, os traficantes colocam outros compostos juntos ao pó branco (como talco, areia fina, etc) para "render" mais. Quando introduzida direto na veia, os efeitos são imediatos, como pode ver a seguir.

Efeitos

Os efeitos da cocaína quando cheirada demoram de 1 a 2 minutos para começarem, e se prolongam por 30-40 minutos. Se for introduzida na veia ou fumada, os efeitos aparecem instantaneamente, mas duram pouco mais de 10 minutos, após isso vem a depressão.

Lista de efeitos:
- Sensação de estar mais forte, inteligente, enérgico, ativo
- falta de apetite
- ansiedade
- sensação de estar sendo perseguido/observado
- agressividade
- desejo sexual
- impotência sexual
- aceleração dos batimentos cardíacos
- pupilas dilatadas

Se o usuário utilizar a cocaína em altas doses, ele poderá ter:
- convulsões
- dor de cabeça
- tonturas
- perda de interesse por sexo
- ataques cardíacos
- overdose
- psicose (alucinações, ouvir vozes, etc)
- derrame cerebral (AVC), pode ocorrer em pequenas doses também!

Por causa de seus efeitos curtos, o usuário logo procurará a droga novamente, começando o ciclo do vício (fumar-depressão-fumar-depressão-fumar..).

Crack

O crack tem os mesmos efeitos que a cocaína, mas são mais intensos. por causa disso, ao final do efeito, o usuário sentirá uma depressão prolongada, fazendo-o fumar a pedra denovo. O risco de morte fica maior com o crack.

História

A folha de coca foi descoberta a mais de 3000 anos, mas a cocaína somente surgiu em 1862, quando o químico Albert Niemann estava estudando a folha da coca, e desenvolveu o pó branco, chamado cloridrato de cocaína. Desde então, até o final do século XIX, a cocaína vinha sendo utilizada na medicina na produção de remédios, pastilhas, etc, por causa da sua capacidade anestésica. Isso possibilitou a primeira cirurgia oftalmológica. Mas o oftalmologista que a realizou, morreu por causa da dependência que a droga lhe trouxe.

A proibição do consumo da droga no mundo todo chegou nos primeiros anos do século XX, em razão de várias mortes atribuídas ao uso da cocaína.