Como organizar seu tempo de estudo para o Enem e os Vestibulares

O ano está no começo, mas para vestibulandos todo tempo é pouco. Por isso, é importante planejar desde cedo os estudos do ano inteiro, para não deixar assuntos para trás, nem se sobrecarregar perto das provas.

Se você vai fazer o Enem e prestar vestibulares, veja as dicas a seguir e organize seus estudos! Com maior preparação, com certeza as provas não serão uma ameaça.

Organizar rotina

Foto: © iStock.com / petrograd99

Controle o seu tempo e consiga bons resultados no Enem ou nos Vestibulares! Foto: © iStock.com / petrograd99

A primeira coisa a ser observada antes de dar início ao cronograma de estudos é a sua própria rotina. Em que horário você vai à escola ou cursinho? Você tem tarefas extras como estágios, cursos extracurriculares, atividades físicas? Anote todas as suas tarefas, os horários e dias da semana que as pratica, e comece o cronograma por aí.

Cronograma

Seu cronograma deve ser organizado em forma de calendário semanal, e deve durar 6 dias da semana. É importante eleger um dia do final de semana para descansar. Faça uma tabela, manual ou no computador, listando todas as tarefas do seu dia, desde a manhã até a hora que você vai dormir. Eleja o melhor período disponível do dia para fazer sua agenda de estudos.

Matérias e Assuntos

Separe todas as matérias que cairão no vestibular, deixando em destaque as que você tem maior dificuldade. É importante dar maior atenção a elas, pois por mais que não exerçam o maior peso para o curso que você pretende, elas podem ser um bom diferencial perante aos demais candidatos. Depois de listar as matérias, organize-as no cronograma, intercalando as áreas. Por exemplo, estude língua portuguesa e biologia e um dia, e matemática e história no outro. Assim fica mais difícil confundir os assuntos e sobrecarregar a mente com conteúdos parecidos.

Horários

Após decidir qual período do dia é mais favorável para abrigar o seu horário de estudo, observe quanto tempo você tem disponível. Duas, três, quatro horas? Dentro desse período, distribua as matérias, delegando o mesmo tempo de estudo para cada uma. A cada uma hora de estudo, descanse por 15 minutos. Caminhe um pouco, tome um copo d’água, navegue na internet. Mas seja disciplinado, são apenas 15 minutos, e retorne ao estudo.

Assuntos mais difíceis

Depois de separar as disciplinas, analise em quais assuntos de cada uma delas você tem mais dificuldade. Comece por eles, para começar com a cabeça fresca e com tempo suficiente para sanar as dúvidas. Assim, os assuntos com os quais você tem mais afinidade ficam para o final, o que dificulta a procrastinação depois de meses de estudo.

Ambiente de estudo

Nem sempre sua casa ou seu quarto são os melhores lugares para estudar. Nestes ambientes, há muitas distrações. Caso você seja uma pessoa naturalmente disciplinada, não há problema em estudar nesses locais, mas se você se distrai com facilidade, melhor procurar um local mais adequado. Bibliotecas públicas são ótimos locais para se concentrar. Se você não dispõe de uma em sua cidade ou escola, tente organizar da melhor forma possível seu ambiente caseiro: fique em um local que tenha porta, sem telefone, TV e computador por perto. Somente use o computador para estudar se você resistir à navegação na internet. Para evitar o uso do computador, você pode organizar os conteúdos com antecedência, fazendo as pesquisas e imprimindo tudo, ou salvando no seu computador e utilizando-o sem conectá-lo à internet. Tudo para evitar distrações. É importante também conversar com sua família, para explicar o seu momento de estudo e dedicação, e pedir a colaboração de todos, para que evitem barulho e interrupções no seu horário de estudo.

Conciliando assuntos da escola

Se você ainda está no terceiro ano, ou está fazendo cursinho, adicione os assuntos estudados na aula do dia à rotina de estudos. Assim você não esquece o que é dado em sala de aula, e já adianta boa parte do que vai cair no vestibular. Lembre-se: aula dada é aula estudada. O estudo contínuo evita que você tenha que estudar todo o assunto na véspera das provas.

Treino

Algo muito importante é treinar. Resolva provas antigas, escreva redações sobre temas que já foram abordados, assim você consegue se adaptar ao tempo das provas, aos formatos, e evita surpresas no dia D. Cronometre o tempo que leva para resolver as provas, assim pode ter noção de sua agilidade. Reserve um ou dois dias por mês para resolver provas. Pesquise as provas anteriores das instituições que deseja estudar e do Enem, tudo isso está disponível na internet.

Revisão

Um mês antes da prova é hora de revisar. Observe aqueles assuntos que precisam ser relembrados, ou aqueles que você acha que têm maior probabilidade de cair na prova. Faça pequenas revisões, relembre fórmulas, datas, nomes importantes. Use lembretes em portas, espelhos e armários. Assim a informação é assimilada naturalmente pelo seu cérebro.

Após toda a organização da sua rotina de estudo, é só por a mão na massa. Ao final do período de estudos, lembre-se de se atentar para as datas das provas, endereço dos locais de prova e horários, para evitar atrasos e enganos. Quando o aluno se prepara com antecedência, se sente muito mais apto a enfrentar as avaliações. Concentração, organização e compromisso são as chaves para um futuro promissor.

Bons estudos!

Arquivado em: Educação