Pós-graduação

Por Gessica Costa
A pós-graduação é um curso superior destinado aos indivíduos que já possuem diploma universitário, podendo ser: bacharelado, licenciatura, tecnólogo. Em 1965, no Brasil, foi aprovado pelo Conselho Federal de Educação o parecer Newton Sucupira, que dividiu em dois níveis os cursos de pós-graduação: lato sensu e stricto sensu.

Dentro do agrupamento dos cursos da modalidade lato sensu estão: os cursos de especialização, voltados à atuação profissional em uma área específica. Outro curso de aperfeiçoamento que existe no Brasil, é o MBA (Master in Business Administration), que traduzido para o português, significa Mestre em Administração de Empresas, mas no nosso país, não equivale a um curso de Mestrado. Normalmente os cursos de especialização nessa modalidade apresenta uma carga mínima de 360 horas, levando em torno de um ano a dois anos para ser concluído. Dependendo da Instituição, será necessário apresentar uma monografia ao final do curso.

Já a modalidade stricto sensu, são cursos voltados a uma formação mais voltada para o desenvolvimento de pesquisas científicas de divulgação acadêmica, podendo ser ofertados tanto nos níveis de mestrado, que tem duração recomendada de dois/dois anos e meio, na qual o aluno desenvolve uma dissertação junto com o professor orientador; ou doutorado, que tem a duração média de quatro anos para que o aluno elabore a sua tese.

Tanto no mestrado como no doutorado, os alunos-pesquisadores devem cumprir créditos das disciplinas, bem como, apresentar um teste de proficiência em língua estrangeira. A diferença é que no mestrado, o aluno deve apresentar uma dissertação, aprofundando sua pesquisa em um campo do saber, e no doutorado, o aluno deverá apresentar uma tese, trazendo um conhecimento novo para o campo do saber.

O mestrado, no Brasil, pode ser profissionalizante ou acadêmico, a diferença é que o primeiro está mais voltado para a aplicabilidade do conhecimento no mercado de trabalho, e normalmente, pede-se ao aluno que apresente uma dissertação/monografia em forma de projeto ou estudo de caso, para obter seu título de mestre; e o segundo, é voltado para o ensino e pesquisa acadêmica.

A CAPES (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) desempenha papel fundamental na expansão e consolidação da pós-graduação stricto sensu (mestrado e doutorado) em todos os estados da brasileiros, e além de avaliar e divulgar a produção científica, também, oferta bolsas de estudos para subsidiar pesquisas de mestrado e doutorado no Brasil. Nesse caso, os bolsistas devem se dedicar exclusivamente à pesquisa na Instituição pela qual ele recebe a bolsa para realizar suas pesquisas.

Fonte:
GARCIA, Fabio Gallo; JÚNIOR, Willian Eid. “Como planejar a educação – seu guia de projetos para o futuro”. Publifolha, 2001.
PORTAL DA CAPES: http://www.capes.gov.br/sobre-a-capes/historia-e-missao