Apócope

Apócope é definida pela perda de uma ou várias letras ao final de uma palavra. Geralmente os adjetivos que se encontrarem diante de um substantivo (feminino ou masculino / plural ou singular) perdem o som ao final da palavra.

Por exemplo, o adjetivo “bueno” se converte em “buen” diante de um nome masculino no singular, como podemos ver no exemplo abaixo:

Ex:

  • Antonio es um buen amigo. (Antonio é um bom amigo)
  • Este chico es um buen alumno. (Este menino é um bom aluno)

O mesmo processo ocorre com os adjetivos “algún/alguno” e “ningún/ninguno”. É importante lembrar que a forma apocopada “algún/ningún” se utiliza sempre antes de um substantivo masculino e singular.

Ex:

  • Él tiene algún dinero. (Ele tem algum dinheiro).
  • Yo no tengo ningún dinero. (Eu não tenho nenhum dinheiro).

A outra forma “alguno/ninguno” pode estar depois de um substantivo masculino singular.

Ex:

  • No tiene recuerdo alguno de su ciudad. (Não tem lembranças alguma de sua cidade).
  • No tengo miedo ninguno. (Não tenho medo nenhum).

Outra forma utilizada é: “malo(a)/mal”:

Ex:

  • Las bromas de esse Chico son de mal gusto. (broma quer dizer brincadeira).
  • Mentir es una mala costumbre. (Mentir é um mal costume).

A forma “grande/gran” também é muito utilizada:

Ex:

  • Picasso es un gran pintor español. (Picasso é um grande pintor espanhol).
  • Este pantalón me queda grande. (Esta bermuda é grande para mim).

Apócope acontece ainda com os numerais. Porém, com os numerais “uno/un”, “primero/primer” e tercero/tercer” a apócope ocorre quando os mesmos estiverem antes de qualquer substantivo masculino e no singular.

Ex:

  • Yo tuve un sueño. (Eu tive um sonho).
  • Hoy es el primer dia de vacaciones Del Chico. (Hoje é o primeiro dia de feras do rapaz).
  • El tercer país está sufriendo com la crisis. (O terceiro país está sofrendo com a crise).

Já os numerais “ciento/cien”, veintiuno/veintiún” sofrem apócope quando estiverem antes de qualquer substantivo masculino ou feminino no singular.

Ex:

  • Hace más de cien años que el pueblo sufre. (Faz mais de cem anos que o povo sofre).
  • Hace ventiún años que no voy en casa de mi madre. (Faz vinte e um anos que não vou a casa de minha mãe).

Arquivado em: Espanhol