Choque Rei

Choque Rei é o jogo entre São Paulo e Palmeiras, dois times grandes da capital de São Paulo. O confronto apresenta grande rivalidade. Isso ocorre devido aos inúmeros títulos importantes disputados pelas duas equipes. Os dois times dividiram, entre os anos de 1942 e 1950, nove títulos do Campeonato Paulista. Para o lado do tricolor, ficaram os títulos referentes a 1943, 1945, 1946, 1948 e 1949. Já o lado alviverde foi campeão em 1942, 1944, 1947 e 1950.

Outro torneio em que a rivalidade entre as duas equipes ganha força é a Copa Libertadores da América. O São Paulo eliminou o Palmeiras do campeonato em três oportunidades, 1994, 2005 e 2006. Apesar disso, a equipe alviverde impediu o São Paulo de ser tricampeão paulista em três ocasiões: 1947, 1950 e 1972.

Um dos jornalistas do jornal A Gazeta Esportiva, Tomaz Mazzoni, foi o responsável pela invenção do apelido Choque Rei. O nome veio pela enorme quantidade de torcedores que lotavam o estádio Cícero Pompeu de Toledo, conhecido como Morumbi. Em quatro ocasiões as duas torcidas encheram o local com mais de 110 mil pessoas.

Além da grande quantidade de torcedores e das finais disputadas de forma acirrada pelas equipes, São Paulo e Palmeiras apresentam diversos episódios ocorridos dentro das quatro linhas que aumentam a rivalidade. No Campeonato Brasileiro de 1994, Edmundo, que era atacante do Palmeiras, começou uma briga com André, do São Paulo. Após a primeira troca de socos, o confronto foi generalizado e quase todos os jogadores entraram na confusão. O jogo, que estava empatado em 2X2, foi terminado após a pancadaria.

Naquele mesmo ano, durante o Campeonato Paulista, um Choque Rei ocorreu no dia da morte do piloto Ayrton Senna. Um fato marcante foi que as duas torcidas cantaram juntas o nome do ídolo das pistas como uma forma de homenageá-lo. O Palmeiras acabou levando a melhor e ficou com o título ganhando por 3X2 de virada.

Já no Torneio Rio-São Paulo de 2002, houve um dos gols mais bonitos do futebol brasileiro. O meia palmeirense Alex deu um chapéu na zaga são-paulina e no goleiro tricolor Rogério Ceni, levando a bola as redes e ganhando posteriormente uma placa em homenagem ao gol.

No ano de 2008 ocorreu uma semi-final envolvendo Palmeiras e São Paulo. O time alviverde, que estava há 7 anos sem nenhuma conquista e há 12 anos sem títulos paulistas, venceu a equipe tricolor e a final contra a Ponte Preta. Após uma derrota por 2X1 no estádio do São Paulo, o Palmeiras venceu por 2X0 no Palestra Itália. Entre os incidentes do clássico houve gol de mão do atacante Adriano, que defendia o São Paulo, provocações do chileno Valdívia e um ataque ao vestiário tricolor com um gás, o que acabou virando caso de polícia.

Fontes:
Felicidade em Dose Dupla. Revista Placar, São Paulo, p.4-57, 1077 novembro.1992.
http://futpedia.globo.com/confronto/sao-paulo-x-palmeiras#/anoInicio=1930/anoFim=2012/campeonato=-1/agregador=-1
http://pt.wikipedia.org/wiki/Copa_Libertadores_da_Am%C3%A9rica_de_1994

Arquivado em: Esportes