Softbol

O softball, ou softbol, é um esporte praticado principalmente por mulheres. Trata-se de uma versão mais simplificada do basebol.

Quem criou o esporte foi George Hancock, que teve, no início, a intenção de criar um basebol para ser jogado em ginásio coberto. O ano era 1887.
Antes de ter o nome de softball o esporte teve alguns outros nomes:
- Mushball
- Kittenbal
- Diamondbal
- Pumpkinbal

Porém, logo o softbol ficou popular e, como nem todos tinham acesso a quadras, passou-se a praticá-lo ao ar livre, inicialmente nos parques. Não demorou muito para se organizarem os primeiros torneios de softbol fora das quadras.

O esporte foi incluso nas olimpíadas somente em 1996. Os dirigentes do basebol sugeriram que o softbol fosse incluso nos jogos olímpicos, como o basebol para as mulheres. A sugestão foi aceita, tanto que atualmente o esporte é praticado nas olimpíadas e nos jogos pan-americanos, somente por mulheres.

Existem poucas diferenças entre o basebol e o softball, sendo elas:

Campo: o campo de softball é menor.
Tempo de jogo: no softball o tempo de jogo é de 7 tempos contra 9 tempos do basebol.
Bola: a bola no softball é maior.
Lançamento: no softball o lançamento é por baixo (na altura do quadril) e já no basebol o lançamento é feito por cima.
O objetivo do softball é o mesmo que o basebol (marcar pontos).

O softball é muito popular no EUA assim como o basebol. Entende-se que o softboll é mais fácil de jogar.

As americanas ganharam medalhas em todos os jogos de softball em Jogos Olímpicos (em 1996, em Atlanta, em 2000, em Sydney e em 2004, em Atenas).
As atletas dos Estados Unidos ganharam os últimos seis Campeonatos Mundiais da modalidade, que acontecem de 4 em 4 anos.

No Brasil, o Basebol assim como o Softboll não são muito populares, e a grande maioria dos jogadores desses esportes é de origem nipônica.

Arquivado em: Esportes