Stand Up Paddle

A modalidade esportiva que mais se popularizou no Brasil é chamada de Stand up paddle surf (SUP), sua origem é datada em meados de 1960 em Waikiki (Havai), onde os famosos Beach Boys se encarregaram de dar o pontapé inicial neste esporte, que já é cultuado por muitas pessoas. O termo Stand Up Paddle Boarding é chamado na língua havaiana de Hoe He'e nalu (e significa Ku= em pé, Hoe=Remar, He'e=Surfar, Nalu=Onda), e sua história está diretamente ligada ao Surf, pois relembra uma maneira muito antiga de se praticar o esporte. Antigamente os professores e mestres, que instruíam seus grupos em como surfar, se mantinham em pé nas pranchas, apoiados com um remo, com o intuito de terem mais visibilidade.

Também conhecida como Beach Boy Surf, esta modalidade é caracterizada por manter o praticante em pé na prancha, com a utilização de um remo para se deslocar pela água. Em meados dos anos 2000, alguns dos principais surfistas havaianos como Laird Hamilton, Brian Keaulana e Rick Thomas, iniciaram a prática de SUP como forma de alternar os treinos de Surf, na impossibilidade de praticá-lo quando o mar não estava em condições favoráveis. Os demais praticantes se encantaram e a cada ano o esporte ganhou mais adeptos, até a criação de eventos específicos como o Makaha's Big Board Surfing Classic e Molokai to Oahu Paddleboard Race.

No Brasil esta modalidade teve seu início pela prática dos surfistas Haroldo Ambrósio e Jorge Pacelli, que juntos inovavam cada vez mais os acessórios para aprimorar as técnicas deste esporte. Inicialmente praticado nas praias do Rio de Janeiro e São Paulo, o esporte já possui adeptos no país todo, incluindo lagos em Brasília.

O  Stand up paddle pode ser praticado em quatro modalidades, são elas: Race, Wave, Freestyle e Rafting. A Race tem como objetivo terminar o percurso no menor tempo possível e ultrapassar a linha de chegada antes dos outros competidores. A prancha possui tamanho grande e parte frontal parecida com o desenho de uma Canoa, para adquirir maior estabilidade e se manter em linha reta, os Remos possuem a pá maior, para garantir mais velocidade. O objetivo da modalidade Wave é integrar o surf clássico ao uso do remo, o praticante deve surfar e utilizar o remo como auxilio para realizar as manobras. A prancha possui design parecido com a de surf, porém com uma leve curvatura ao fundo e três quilhas.

A modalidade Freestyle é considerada a mais praticada, pois o objetivo é apenas realizar manobras com a ajuda do corpo e do remo. E a Rafting é praticada por quem aprecia descer enormes corredeiras de rios e cachoeiras. Existem ainda outras variações do SUP, são elas: SUP PEsca, SUP Yoga, SUP em Rios e Corredeiras.

Fonte:
http://www.travinha.com.br/esportes-aquaticos/9001-stand-up-paddle/450-stand-up-paddle-historia-e-modalidades
http://en.wikipedia.org/wiki/Stand_up_paddle_surfing

Arquivado em: Esportes