Segunda Lei de Newton (princípio fundamental da mecânica)

Por Thomas Carvalho
Se considerarmos um bloco de massa m1 apoiado sobre uma superfície totalmente lisa, sendo que este corpo está em equilíbrio estático (Ver 1º lei de Newton). Ao aplicarmos uma força F sobre este corpo ele irá adquirir uma aceleração a1.

Um corpo sob a ação de uma força é acelerado.

  • Duplicando a força sobre a mesma massa m, sua aceleração duplica.
  • Triplicando a força sobre a mesma massa m, sua aceleração triplica.

Sendo que para este corpo sua massa é sempre constante, podemos defini-la, numericamente, como a razão entre a força F aplicada no corpo e a aceleração por ele adquirida. É importante notar que esta definição de massa foge da que temos inicialmente, que massa é a quantidade de matéria que determinado corpo possui.

A definição numérica de massa nos leva à equação:

Se sobre essa mesma superfície colocarmos um bloco de massa m2 e sobre ele aplicarmos a mesma força F, este corpo adquirira uma aceleração a2.

Assim concluímos também que m1 . a1 é proporcional a m2 . a2 , então quanto maior a massa de um corpo maior é a força necessária para acelerar este corpo.

Ex.: É necessário que se aplique uma força maior para levantar um balde cheio de água, que para levantar o mesmo balde, à mesma altura, quando vazio.

Utilizando-se destas informações, Newton concluiu que:

“A aceleração adquirida por um corpo é diretamente proporcional a sua massa, onde força e massa tem a mesma direção.”

Assim:


(você pode decorá-la com a frase: Física = meu . amor)

É importante salientar que é a força resultante sobre o corpo. Exemplos de como calcular a força resultante.

Conceito: Força peso é a força com que a Terra atrai os objetos que estão em sua superfície.

As forças ainda podem ser divididas em duas classes principais.

  • Força de contato: quando duas superfícies entram em contato.
  • Força de campo: quando dois corpos se atraem ou se repelem à distância.

Assista abaixo uma aula sobre a Segunda Lei de Newton, produzida pela Khan Academy e traduzido para o português pela Fundação Lemann: