Roteiro para o Estudo da Língua Francesa - nível básico

Por Leandro Cabral
Foi-me pedido para escrever um roteiro de estudos da língua francesa, para aqueles que quisessem estudar a língua de maneira autodidata. Não posso dizer exatamente como seguir um estudo autodidático pois eu sempre estudei da maneira tradicional, ou seja, com a ajuda de um professor. Portanto o que se segue é realmente um roteiro de estudos gramaticais, do mais simples ao mais complexo, segundo a teoria cartesiana. Segue também algumas pinceladas do estudo do léxico, porém tais artigos mais detalhados semente serão escritos quando eu tiver escrito toda a parte da gramática, que e fundamental. Depois de ter abordado todos os assuntos gramaticais (que já passaram da metade) começarei a escrever sobre o léxico, posteriormente sobre a fonética e assim sucessivamente.

Sendo assim, peço que tenham paciência e, se possível, procurem um professor pois esses artigos são um auxílio para aqueles que estudam a língua e querem se aprofundar ou elucidar dúvidas. Em nenhum momento eu escrevi tais artigos pensando em criar materais autodidáticos, então, não o entendam como tal.

E eu tenho o cuidado de deixar o que foi acima dito expresso devido a particularidade da língua francesa. Trata-se de uma língua que está fortemente ligada à sua cultura. Assim sendo, não há como aprender o francês sem aprender a cultura francófona. E é extremamente difícil aprender a cultura francófona sem alguém que a conheça para ensiná-la.

O roteiro abaixo foi escrito seguindo a ordem adotada porlivros didáticos especializados no ensino da língua francesa, editados e impressos na França e utlizados ao redor do mundo por instituições de ensino do francês língua estrangeira.

O nível básico será dividido em três partes, sendo que cada uma tem a duração de cerca de 50 horas/aula nos cursos regulares.

>Primeira parte – gramática:

1. Pronomes pessoais sujeitos, verbos terminados em “-er” conjugados o presente, verbos “être” e “avoir” conjugados no presente, artigos definidos e indefinidos, negação (primeira parte), gênero dos adjetivos, “c’est / il est”.

2. Presente dos verbos em “-ir(e), -ter, -dre, prendre, venir, pouvoir” e verbos em “-evoir” e “faire”. Plural dos substantivos e dos adjetivos, formas interrogativas, pronomes tônicos, adjetivos possessivos, artigos contraídos, futuro próximo.

> Primeira parte – léxico:

1. Dias da semana, números.

2. Escola, nacionalidade, descrição física e psicológica, cores.

3. Hora, atividades cotidianas, momentos do dia, família, profissões, atividades de lazer, estações do ano.