História Social

Mestrado em História (UFJF, 2013)
Graduação em História (UFJF, 2010)

A História Social é um gênero da História.

A História é uma ciência que, como tal, comporta vários métodos de trabalho com seus objetos e também formas de escrita. No século XVIII, a História cresceu em importância como ciência e adquiriu novas metodologias que a tornaram muito mais aprimorada. O passar do tempo só fez evoluiu o trabalho do historiador, incorporando novos elementos de pesquisa, novas fontes, novas metodologias e novas formas de se escrever. A historiografia desenvolveu-se de forma riquíssima.

Foi no século XX que surgiram as maiores inovações nas metodologias da História, oferecendo novas formas de escrever os resultados das pesquisas. Uma releitura da História Geral que havia sido produzida até então permitiu a apresentação de novos personagens e novas conjunturas para a História. Os diferentes gêneros surgidos na historiografia permitiram tratar de temas já conhecidos com olhares e propostas diferenciadas, revelando novas realidades.

A História Social é mais um gênero que ganhou muita notoriedade e espaço entre os historiadores. A tradicional História Geral costumava tomar os acontecimentos como de longa duração, partindo das classes dominantes e considerando suas rupturas apenas em grandes eventos. Novas formas de encarar a História revelaram um passado bem mais rico em detalhes.

A História Social aborda objetos de pesquisa que são alheios ao mundo das elites, parte das classes menos favorecidas na sociedade. Este novo modo de enfocar a História revelou amplos laços sociais e concedeu o papel de protagonistas da História também para classes inferiores.

Este gênero ganhou força com a terceira geração da Escola dos Annales, especialmente através do historiador Edward Palmer Thompsom, o qual é considerado o maior historiador inglês do século XX. Thompsom integrou uma corrente comprometida com a “História vista de baixo”, cujo trabalho empenhava-se em abordar camponeses, operários, escravos, pessoas comuns ou menos favorecidas da sociedade para revelar maior riqueza das relações sociais.

A História Social ganhou muito espaço na historiografia, mostrou-se competente na capacidade de enriquecer os detalhes do passado. A História Social faz uso de fontes diversificadas, considerando não apenas, por exemplo, documentos governamentais oficiais, mas todo tipo de registro humano de um grupo ou uma comunidade.

Atualmente, a História Social é um dos gêneros mais utilizados entre os historiadores, mas a evolução da ciência histórica mostrou que mais rico se torna o trabalho de pesquisa quando os elementos de uma corrente são mesclados com de outras. Sendo assim, a História Social colhe muitos frutos quando utilizada em paralelo com a Micro-História. Por sua vez, depende também do auxílio da História dos Conceitos para solucionar suas questões.

Arquivado em: História