Big Ben

Por Ana Lucia Santana
Quando se fala em Big Ben, todos pensam no célebre relógio do Parlamento Inglês, mas na verdade ele se refere ao sino de 13 toneladas e meia que foi fixado na face norte do Palácio de Westminster, em Londres, quando o posto de ministro de Obras Públicas deste país era ocupado por sir Benjamin Hall, em 1859. Aliás, algumas fontes afirmam que seu nome se deve ao apelido conferido a este membro do governo britânico, Big Ben, por ele ter uma estatura elevada e ser muito encorpado.

Esta denominação acabou se estendendo também ao relógio e à torre na qual ele está instalado, daí ser oficialmente intitulado Tower Clock ou Clock Tower - Torre do Relógio. Este objeto se tornou famoso por sua incrível pontualidade e por seu porte. Há tempos atrás alguns passarinhos aterrissaram em seu ponteiro e o levaram a um atraso de cinco minutos.

No ranking dos relógios célebres em todo o mundo ele é considerado o terceiro em tamanho e altura. Quanto ao quesito fama, ele é o maior do Planeta, ostentando seu horário preciso do alto das quatro esferas da torre. O Big Ben integra a arquitetura que compõe o Parlamento Britânico, pontuando a Torre de St. Stephen, a qual atinge 98 metros.

O monumento londrino foi concebido por Edmundo Beckett Denison; os ponteiros medem 2,7 metros e 4,7 metros. O toque do sino é transmitido diariamente pela rádio BBC. O relógio funciona em sintonia com o Royal Greenwich Observatory. A primeira torre foi edificada em 1288, sendo restaurada depois do incêndio que atingiu o Palácio, no dia 22 de outubro de 1834.

Logo depois deste evento o Parlamento foi reedificado segundo os parâmetros da escola neo-gótica, seguindo o projeto de Charles Barry. O arquiteto que determinou o design do relógio foi Augustus Pugin, que enlouqueceu e morreu pouco depois da conclusão de seu empreendimento.

O Big Ben é um dos pontos turísticos mais atrativos da capital inglesa e de todo o Planeta, mas infelizmente a parte interna da torre está fechada à visitação pública, pois apresenta sérios problemas de segurança. Às vezes, porém, permite-se que jornalistas e celebridades ingressem neste espaço restrito. Mas a ausência de elevador leva todos a subirem até o alto através das escadas modeladas em pedra de calcário, independente de serem ou não famosos e milionários.

Na parte inferior de cada face do relógio encontra-se uma inscrição latina tecida com letras de ouro: "Domine Salvam Fac Reginam Nostram Victoriam Primam", ou seja, “Ó Deus, mantenha a salvo nossa rainha Victoria, a primeira”.

Fontes:
http://www.overmundo.com.br/banco/big-ben-londres-o-relogio-do-mundo
http://www.reino-unido.net/big-ben.htm
http://pt.wikipedia.org/wiki/Big_Ben