Acre (Israel)

Mestrado em História (UFJF, 2013)
Graduação em História (UFJF, 2010)

Acre é uma pequena cidade de Israel com uma grande importância histórica.

A cidade israelita de Acre passou por várias mudanças de nome até receber tal designação. Consta que na antiguidade a cidade foi chamada de Ace, Ptolemais e Accho. Na bíblia, a cidade é referida como Accho no Antigo Testamento e como Ptolemais no Novo Testamento. Mas foi na Idade Média que a cidade esteve no centro de grandes eventos da humanidade e já com o nome de Acre.

A antiga cidade de Acre era um importante porto na Galiléia povoado desde o período fenício. Como era comum na época medieval, a cidade era cercada por muralhas e, durante os séculos XVIII e XIX, ainda receberia mais fortificações. Na Idade Média, a cidade foi referência nas disputas religiosas pelas terras no Oriente. Cristãos e muçulmanos rivalizavam-se para deter o controle da chamada Terra Santa e, assim, assumir o controle sobre Jerusalém. A cidade de Acre viveu intensamente as disputas medievais no Oriente, mas, principalmente, destaca-se seu papel como capital do Reino de Jerusalém. A cidade, que também foi chamada de São João de Acre, serviu de fortaleza para várias cruzadas, porém foi sede do reino cristão no Oriente durante algum tempo. Por sinal, as marcas das cruzadas entre 1104 e 1291 permanecem intactas na cidade, tornando-a um importante patrimônio histórico da humanidade capaz de fornecer vários recursos para o estudo das organizações medievais.

A cidade de Acre foi dominada por diversos povos durante a Idade Média. Os cristãos que vinham da Europa a usaram muito como fortaleza para as cruzadas. Sua posição favorável como porto interessava a todos. Em 1110, os cruzados invadiram a cidade e a tomaram, permanecendo nela por vários anos. Foi Saladino, em 1187, que reconquistou a cidade para os povos orientais, o que durou pouco tempo. O monarca britânico Ricardo Coração de Leão recuperou a cidade em 1191, todavia, logo em seguida, ele a entregou aos Cavaleiros de São João de Jerusalém.

Já no período mais contemporâneo da história da humanidade, Acre manteve-se como uma pequena cidade, porém envolvida com grandes eventos. Depois da Primeira Guerra Mundial, Acre integrou o Mandato Britânico da Palestina para ser local de aprisionamento e execução de grupos judeus. Foi só em 1948 que a cidade foi conquistada por Israel. Atualmente, Acre é uma cidade reivindicada pela Fatah, pela Jihad e pela Palestina. Possui cerca de 50 mil habitantes distribuídos por uma área de aproximadamente 13,5 Km².

Fonte:

http://www.akko.org.il/english/main/default.asp

Arquivado em: Israel