Homeopatia

A homeopatiahomoios, semelhante; pathos, doença -, é uma terapia criada no século XVIII, por Christian Friedrich Samuel Hahnemann, médico, químico e pesquisador alemão. Desiludido com a medicina convencional, ele a abandona e passa a viver das traduções de textos científicos, uma vez que ele era poliglota. As obras traduzidas valeram-lhe de subsídios para pesquisas sobre substâncias diversas, das quais ele extraiu informações abundantes sobre seus atributos farmacológicos e toxicológicos.

Foto: nomidavid / Shutterstock.com

Foto: nomidavid / Shutterstock.com

Hahnemann realizou várias experiências com estas substâncias em si mesmo, guiado por uma profunda intuição, depois nos parentes e amigos, todos gozando de plena saúde. Prosseguindo suas pesquisas, chega a um princípio fundamental - similia similibus curantur, ou seja, “os semelhantes curam-se pelos semelhantes”. Basicamente, esta terapêutica baseia-se na administração de doses mínimas de um medicamento que, em pessoas com o organismo equilibrado, aplicados em porções maiores, provocariam os mesmos sintomas apresentados pelo paciente.

Assim, por exemplo, a Belladona – Atropa belladona -, quando produz sinais de envenenamento, gera sintomas iguais aos da febre escarlatina, assim ela é adequada para tratar esta enfermidade. Os remédios homeopáticos são elaborados através de um sistema conhecido como dinamização, que permite a dissolução e a agitação da droga em várias etapas. Este procedimento tem como resultado a potência energética da substância, que vem anotada no rótulo, junto ao nome do remédio.

A homeopatia, apesar de ser muito procurada por pessoas já descrentes da Medicina convencional, ainda se encontra exposta à críticas incisivas, que argumentam não encontrar em sua metodologia suficiente consistência científica. Esta terapêutica foi exposta ao público em 1796, após seis longos anos de pesquisas e experiências. Mesmo depois de vir à luz, a homeopatia continuou a ser submetida a testes, estudos e inovações por seu criador. Suas observações, meticulosas e criteriosas, edificaram o alicerce da Homeopatia atual.

Acredita-se que os enunciados gerais da homeopatia foram elaborados por Hipócrates há pelo menos 2500 anos. Ele observava exaustivamente os pacientes, analisava o doente, não seus distúrbios, calculava o valor das dificuldades apresentadas por cada pessoa, sempre com muita sinceridade, e tinha muita fé no papel do médico como assessor das forças naturais do organismo, com o objetivo de conquistar o equilíbrio e, portanto, a saúde. É também de Hipócrates os dois postulados fundamentais da homeopatia: similia similibus curantur e Contraria contrariis curantur - Contrários são curados por contrários.

No Brasil a homeopatia chegou em 1840, pelas mãos do médico francês Dr. Benoit Jules Mure ou Bento Mure. Muitos dos recursos de que a homeopatia se valia eram importados da Europa.

AVISO LEGAL: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas para fins informacionais, não podendo, jamais, serem utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.
Arquivado em: Medicina Alternativa