Massoterapia

A massoterapia consiste em um conjunto de manobras manuais, objetivando o alívio de dores, promover o relaxamento físico e mental e prevenir patologias. As manobras da massoterapia podem variar conforme a modalidade a ser aplicada, pois podem ser realizados movimentos com diferentes finalidades, como: relaxamento, alívio de dores, estimulação muscular ou estimulação metabólica. As técnicas podem ser aplicadas de forma localizada ou de forma global, conforme a finalidade buscada. Pode ser aplicada nas seguintes modalidades:

  • Massagem relaxante: específica para alívio de tensão e induzir o relaxamento; manobras com toques leves;
  • Massagem terapêutica: tem por finalidade tratar e aliviar dores musculares; manobras com movimentos profundos e com pressão;
  • Massagem desintoxicante/drenagem linfática: estimula a eliminação de toxinas e fluidos corporais, acelerando metabolismo e melhorando retorno venoso; manobras suaves e rítmicas;
  • Massagem desportiva: atua especificamente nos membros, dando melhores condições de recuperação aos atletas; massagem com toque profundo e acelerado;
  • Massagem estética: utiliza produtos e manobras específicas para atuar no esvaziamento das células de gordura, melhorando o contorno corporal e a saúde da pele; toques fortes e vigorosos;

Para que seja melhor aplicada, oferecendo maior segurança ao cliente, necessita-se desenvolver muito mais que apenas técnica, agregando conhecimentos nas áreas de anatomia, fisiologia, farmacologia e bioquímica, podendo assim esclarecer dúvidas e orientar corretamente os pacientes. Os preparos para realizar a massagem incluem:

  • Aspectos éticos: o profissional deve demonstrar atitudes e movimentos espontâneos e relaxados, concentrando-se no tratamento. Aconselha-se que o profissional esclareça o que será feito, para que o paciente possa se sentir seguro.
  • Preparo das mãos: o profissional deve utilizar as unhas curtas, arredondadas, estando sempre limpas e bem cuidadas. Deve-se cuidar para que não esteja utilizando acessórios, pois os mesmos podem atrapalhar a aplicação das técnicas.
  • Materiais utilizados: recomenda-se que o profissional utilize algum produto para facilitar a aplicação da massagem, para que não haja risco de machucar a pele do paciente. Podem ser usados lubrificantes, pós, óleos, cremes ou qualquer outro produto que possa facilitar as manobras.

Os benefícios da massagem incluem a estimulação da circulação, eliminação de toxinas, relaxamento muscular, sedação e/ou estimulação do sistema nervoso, facilitação digestão e trânsito intestinal, além de proporcionar a sensação de bem estar.

Os movimentos mais utilizados na massoterapia são:

  • Deslizamento: pode ser realizado de forma superficial – afim de promover o relaxamento - ou profunda – com a finalidade de alongamento de fáscia e alívio de contraturas musculares.
  • Bombeamento/pressão intermitente: assemelha-se ao ritmo dos batimentos cardíacos. Realiza-se uma pressão leve e em seguida moderada, afim de estimular o retorno venoso.
  • Amassamento/torção: movimento realizado com pressão forte, provocando o alongamento do tecido muscular e da fáscia adjacente. Atinge principalmente musculatura mais profunda. Pode ser utilizada também para estimular o esvaziamento do tecido adiposo.
  • Beliscamento: movimentos com pressão moderada a forte, podendo ser realizado de forma rápida com a finalidade de estimulação do tecido adiposo, ou de forma lenta, afim de auxiliar no alívio de tensão muscular.
  • Rolamento da pele: utilizado para mobilizar os tecidos entre a pele e o músculo, principalmente a fáscia, provocando maior relaxamento. Deve-se ter cuidado para não beliscar a pele durante a aplicação.
  • Percussão: utiliza-se para estimular os tecidos de forma rápida. As mãos ficam em formato de concha, no posicionamento semelhante à tapotagem. Não deve ser utilizado em região torácica, devido ao risco de micro lesão alveolar.
  • Cutilada: manobra utilizada afim de promover maior relaxamento muscular. A pressão é leve à moderada com movimentos rápidos, mantendo os punhos livres de tensão.

Ainda podem ser realizadas massagens na modalidade oriental (Shiatsu, Anmá, Tuiná, Indianas) e também com acessórios como bambu, pindas, conchas, lenços, velas, pedras e outros acessórios.

Bibliografia:
http://www.faema.edu.br/revistas/index.php/Revista-FAEMA/article/view/119/94

AVISO LEGAL: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas para fins informacionais, não podendo, jamais, serem utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.