Estados Federados da Micronésia

Os Estados Federados da Micronésia (Federated States of Micronesia, em inglês) é um pequeno estado independente do Pacífico Sul, localizado a leste das Filipinas e a norte de Papua Nova Guiné. Sua área é de 702 km², equivalente ao município paulista de Mogi das Cruzes, e tem como capital a cidade de Palikir, na ilha de Pohnpei. A maioria dos 111.100 habitantes, cerca de 52% da população, segue o cristianismo, de ramo católico, sendo que boa parte do restante segue correntes protestantes.

A Micronésia é uma confederação com um governo central que concentra poucos poderes. Os governos estaduais manter um poder considerável, particularmente em relação à implementação de políticas orçamentais. Cada um dos quatro estados do país possuem a sua própria constituição e realizam eleições para governador. A moeda local é o dólar norte-americano e a língua oficial é o inglês, mas várias línguas locais são utilizadas no cotidiano da população, em especial o chuquês, o yapês, o kosreano e o ponpeiano. Os Estados Federados da Micronésia são compostos por 607 ilhas. Apesar do território diminuto, este conjunto de ilhas se estende através de 2.600.000 km², uma área do tamanho dos estados do Amazonas e Pará combinados. Apenas cerca de 100 ilhas são habitadas.

O território do país está dividido em quatro estados, que reúnem um conjunto de ilhas cada um. São estes: Pohnpei, Chuuk, Yap, além da ilha de Kosrae. A população indígena é composta de vários grupos etno-linguísticos, e a taxa de natalidade permanece elevada, em mais de 3%, mas tal crescimento é compensado pela alta taxa de emigração.

Acredita-se que os ancestrais dos atuais habitantes da Micronésia ocuparam as Ilhas Carolinas (hoje divididas entre Palau e Micronésia) mais de 4.000 anos atrás. Um sistema descentralizado de poderio dos chefes locais acabou por dar origem a um império baseado em Yap e Pohnpei. Os exploradores europeus, primeiro os portugueses, navegando em busca das Ilhas das Especiarias e depois os espanhóis chegam às Carolinas, no século XVI, sendo que estes últimos declaram soberania sob a região.

A Micronésia passa para o controle alemão em 1899, e em seguida, através do Tratado de Versalhes, para os japoneses em 1919. Após a Segunda Guerra Mundial as ilhas passam a fazer parte do Território Fiduciário das Nações Unidas das Ilhas do Pacífico, administrado pelos Estados Unidos. A 10 de maio de 1979, quatro dos distritos do território ratificam uma nova Constituição, dando origem aos Estados Federados da Micronésia. Palau, Ilhas Marshall e Ilhas Marianas do Norte, que também compunham o território administrado pelos norte-americanos optaram por não participar. A Micronésia assina um pacto de livre associação com os Estados Unidos em 1986.

Bibliografia:
Micronesia profile (em inglês). Disponível em: <http://www.bbc.co.uk/news/world-asia-pacific-15505793>. Acesso em: 19 set. 2012.
Background Note: Micronesia (em inglês). Disponível em: <http://www.state.gov/r/pa/ei/bgn/1839.htm>. Acesso em: 19 set. 2012.
Mapa: http://www.oceania-turismo.com/mapas/micronesia.htm

Arquivado em: Oceania