Eletricista

Ensino Superior em Comunicação (Universidade Metodista de São Paulo, 2010)

Eletricista é o profissional que executa instalações, vistorias e reparos relacionados a qualquer sistema elétrico. O profissional cuida de instalações residenciais, prediais e industriais.

A profissão é indispensável para a sociedade, pois a energia elétrica está presente cada vez mais no cotidiano de todos.

Para exercer a profissão é desejável concluir o ensino médio, pois já terá conhecimento de alguns conceitos de Física que serão necessários. Após isso, o ideal é fazer cursos técnicos profissionalizantes de eletricidade e eletrônica básica, que ofereçam momentos para prática monitorada e manipulação dos instrumentos relacionados à execução das tarefas. Existem cursos focados para as diferentes áreas de atuação, como eletricista instalador, montador, industrial, instalador predial de baixa tensão ou técnico em eletrônica, eletromecânica, eletroeletrônica e eletrotécnica.

De forma geral, a maioria dos cursos dedicados para Eletricista abrangerá conhecimentos em eletrotécnica, instalações elétricas interiores e segurança em instalações elétricas.

Uma vez capacitado, o rol de atividades do Eletricista inclui analisar e interpretar a fiação elétrica através de esquemas e desenhos técnicos, fazer reparos ou manutenção em equipamentos elétricos, instalar fios condutores adequados às condições da rede elétrica, verificar a segurança de serviços elétricos em funcionamento, observar defeitos ao longo da vida útil de maquinários, elaborar orçamento adequado, atender e negociar com seus clientes, comprar peças e componentes para realizar seus serviços, manter suas ferramentas e aparelhos de medição em perfeito funcionamento, zelar pela segurança em qualquer tipo de contato com a eletricidade.

Para atuação na área, algumas características são necessárias: gostar muito de assuntos relacionados com eletricidade, saber utilizar adequadamente as ferramentas de teste, fazer cálculos e interpretá-los corretamente, ser honesto, ter prudência ao lidar com fios e rede elétrica, conseguir interpretar desenhos técnicos, ter boa comunicação e alto nível de atenção.

O eletricista pode trabalhar em empresas, condomínios, construção civil, empresas petroquímicas, prestadoras de serviço terceirizadas, órgãos públicos ou até mesmo por conta própria.

A área de telecomunicações também proporcionou muitas vagas nos últimos anos. Em qualquer desses segmentos, o profissional que investir em qualificação tem mais credibilidade e conquista melhores oportunidades. Para isso, existem instituições renomadas que já são tradicionais na oferta de cursos gratuitos de Eletricista, como o Serviço Nacional de Aprendizagem (SENAI).

Também é possível conseguir gratuidade para qualificação através do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (PRONATEC).

O Eletricista tem uma rotina desafiadora, pois a cada situação pode se deparar com um problema novo perante sua experiência anterior. Para a execução de um serviço de qualidade, o senso de ética e segurança precisa estar sempre acompanhado pelas técnicas adequadas.

Leia também:

Arquivado em: Eletricidade, Profissões